segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Capítulo 43

Deeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeus *-* Como eu senti falta disso aqui! 6 dias, são um bom tempo, rs... Ainda mais pra quem estava se acostumando a postar com frequência... Bem, aqui está o capítulo 43, espero que gostem:

Tay on

Hm, senti que estava acordando, mas mantive meus olhos fechados. Ainda não queria acordar, não sabia se a conversa da noite passada era real ou não, então queria me manter com aquilo em mente. Senti um peso em minha cabeça devido ao meu choro, e tomando coragem, abri um pouco o olho esquerdo, com meu braço ainda sobre minha cabeça, de lado em cima do travesseiro. Vi o Sol atravessando a janela do meu quarto, e percebi que estava tudo da forma como antes de eu dormir. Sorri, me lembrando do que aconteceu após minha prima deixar eu e Taylor sozinhos...
#Flashback#
Eu: ...O que você veio fazer? - falei, ressentida, o encarando sem parar. Estava morrendo de vergonha de estar chorando, gritando e provavelmente com o cabelo bagunçado, o rosto sujo de maquiagem e o nariz vermelho. Se me pergunta por ele, estava impecável, como sempre. É, belo páreo...
Taylor: Pedir a você que não faça isso. - o olhei confusa, e ele me retribuiu com um olhar meio óbvio - Não vai parar de falar com a sua prima, por uma 'besteira momentânea' - ele deu um tom diferente e subestimado as suas ultimas palavras - Sério, uh, eu sei que aquilo foi...
Eu: ...Aquilo foi um beijo! Você, e a minha prima, se beijaram! - exclamei incrédula, perdendo a linha outra vez -... Sabe, você tem todo o direito do mundo de sair com quem você quiser e não me deve a mínima explicação, mas por favor, se você for ficar com alguém, e esse alguém for a minha prima, que não seja na minha frente.- disse, por ultimo, fitando o chão.
Taylor: Eu não vou ficar com a sua prima! - ele falou, quase estressado, e logo passou a mão na nuca, coçando o pescoço desviando o olhar - Eu nem ao menos gosto dela... Eu acho que você sabe que eu amo você, e infelizmente, acho que vai ser assim por um bom tempo. - o olhei confusa, notando sua voz num tom de redenção.
Eu: O que?
Taylor: Eu ainda penso em você, eu sei que você ainda pensa em mim... Mas depois do que você assumiu assumiu ter feito à minha prima, eu... eu... Eu só quis ser solidário! Foi muito pra minha cabeça... Ainda mais vindo de você, a minha definição de perfeição! - ele falou um pouco agressivo, e eu ainda o olhava surpresa. Aquilo era uma declaração com raiva. Sim, com raiva, porém, muito fofa... Ah, não me julgue, eu o amo.
Eu: E o que você tá pensando agora?
Taylor: Que... que... Que aquele beijo nunca era pra ter acontecido lá dentro do salão, que eu não era pra ter vindo com a Miley pro baile, que... - ele me olhou mais sério e respirou fundo, soltando lentamente o ar por suas narinas - ... Que a gente não devia ter terminado... Quer dizer, aquilo é tão passado, você mudou tanto... Pelo menos eu acho...
Eu: Eu mudei! - fui rápida em dizer, sem tirar meus olhos dele.
Taylor: ...E tipo, eu não raciocinei direito. Isso era pra ser uma atitude conjunta. Nosso relacionamento ia tão bem, não é? - ele refletia para si mesmo em voz alta, enquanto eu, com o olhar e a cabeça balançando pra cima e pra baixo incessantemente.
Eu: Sim! - disse apressada, como uma criança que esperava seu presente de natal nas mãos do pai bem mais alto que ela.
Taylor: Ah, então é melhor deixar... - ele ia prosseguir falando sozinho, quando me encarou como quem havia percebido que estava sendo espionado por muito tempo -... Quer saber, vamos fingir que isso tudo nunca aconteceu, ok? - eu ergui uma sobrancelha, confusa novamente - Eu me refiro a essa noite... Beijar a Miley foi um erro, rs, que eu não pretendo cometer novamente... Se for pra beijar uma garota, que seja a única que eu sinto algo... - ele falou me encarando, enquanto eu sorria e me aproximava, mas parei no meio do caminho, ao ouvir sua voz alterada - Mas eu NÃO vou te beijar hoje! Por favor, seria confusão demais pra uma noite só... - ele falou, e eu então ri.
Eu: A gente tá bem, né? - ele afirmou com a cabeça e fechou os olhos rapidamente.
Taylor: E agora deixa eu limpar seu rosto, porque você tá suja com essa maquiagem que eu sinceramente não sei o nome... - ele falou se aproximando, e esfregando os polegares na região abaixo dos meus olhos e revezando com as minhas bochechas - ... Você... vai querer voltar para o baile? - ele perguntou calmo e eu apenas neguei com a cabeça, enquanto se afastava parecendo ter acabado de me limpar - Então vamos, eu vou te levar pra casa! - ele falou, pondo a mão em minhas costas e nós seguíamos o caminho da minha casa, conversando calmamente. Eu em alguns momentos me perdia na conversa, ainda era meio surreal o fato de ele ter voltado a falar comigo, e praticamente ter voltado comigo... Mas de qualquer forma, eu não podia estar mais feliz! Andamos mais poucos passos e eu me vi parada em frente a porta da minha casa, trocando olhares amáveis com ele, e me sentindo a protagonizar um filme água com açúcar onde tudo dá certo no fim... Mas ainda havia uma dúvida que não tinha sido esclarecida.
Eu: Taylor? - falei, e ele se mostrou interessado em ouvir - A gente... reatou? - perguntei séria, e ele caiu na gargalhada. Me mantive da mesma forma, e ele se recompôs.
Taylor: Não... Hoje não... Ainda tenho muita história no meu cérebro pra pensar... - o encarei triste, e ele sorriu de canto - ...Mas encara isso como um 'a gente tá bem', valeu? - ele falou, e eu sorri sem graça- Hey! A gente tá bem, só não voltamos... Hoje... -ele fez questão de grifar a palavra, e eu entendi seu jogo -... Boa noite, Taylor! - ele falou, se aproximando de mim e beijando minha bochecha, se afastando logo em seguida. Me lembro de ter entrado em casa, e ido direto para o chuveiro, sem acreditar muito se o que havia acontecido há poucos segundos era real ou não...
#Flashback#
...E foi então que, tendo a confirmação, eu me levantei da cama, feliz, animada, era como se minha alma tivesse acordado junto comigo, pela primeira vez em semanas. Me direcionei a varanda do meu quarto e então sorri, sorri para o Sol e para a vida, que parecia estar me dando uma segunda chance...

Taylor on

Não havia dado nem a hora do almoço e eu já estava fora de casa, mas se é pra passar tempo com alguém da família, vale a pena, rs... Olhei pra minha prima linda que continuava a me falar dos ocorridos de sua noite, tão movimentada, porém menos que a minha... Qualquer pessoa teve uma noite menos movimentada que a minha, mas enfim...
Eu: ...Então vocês voltaram? - perguntei, sentado no sofá a seu lado esquerdo, me referindo a história que ela me contou sobre Joe e ela noite passada.
Demi: Tipo isso, nós, não nos pedimos nem nada, mas... - ela abriu seu clássico sorriso que mostrava todos os seus dentes e sentimentos mais puros, aquele sorriso contagiante que só minha prima tinha - ...Eu estou muito feliz!
Eu: E eu por você, minha rainha! Sua felicidade é a minha felicidade. - falei, pegando sua mão esquerda e a beijando calmamente, quando ela me admirava calma.
Demi: ...Mas e você? Miley me falou do que ocorreu ontem...
Eu: Bom, sobre isso....
Demi: Como foi beijar sua BFF? - ela perguntou, num tom de humor, e sorrindo sem graça ,eu desviei meu olhar.
Eu: Ela até que é talentosa, mas você sabe... Meu coração sempre vai bater mais forte pela... - ia falando, quando ouvimos passos da escada e eu vi o rosto mais lindo do mundo sorrindo para nós; bem melhor agora, sem aquela maquiagem do baile. Não sabia se Demi e ela estavam de bem, então como boiei um pouco, logo tive a minha morena se levantando do sofá, e nos olhando, com um sorriso que prendia um pouco de ar.
Demi: Então, eu vou deixar vocês a sós... - ela falou expirando um pouco e esfregando as mãos no jeans da calça que cobria suas coxas. Se retirou da sala, indo em direção a cozinha e eu observei ainda sentado. Taylor logo se aproximou sorrindo, e eu me levantei ,ficando de frente pra ela.
Eu: Que bom que acordou, eu vim falar justamente com você...
Tay: É, e sobre o que? - ela perguntou sorridente; já era de se imaginar o que eu ia falar.
Eu: Bom, eu falei que ontem não podíamos voltar, porque havia acontecido muita coisa, mas, desde meia noite, eu preciso dar cor e ação ao dia de hoje, na verdade, nós precisamos... - sorri pra ela, que retribuiu confiante.
Tay: Se aproxima logo, caramba! Eu tou com saudade! - ela exclamou, e nós rimos, enquanto eu me achegava abraçando sua cintura e ela fazia o mesmo com cada um dos meus braços Ela afastou a cabeça um pouco do meu corpo, e me encarou sorrindo.
Eu: O que?
Tay: Preciso memorizar esse momento. De um dos dias mais felizes da minha vida.
Eu: Ah, então deixa eu dar uma forcinha pra animar essa lembrança mais ainda... - falei, a beijando sem cerimônia. Em questão de segundos, ela acompanhava meu ritmo e perdi a noção de que planeta eu já estava... Nada se compara a estar com a Taylor, e principalmente, beijá-la como se não houvesse amanhã...

Selena on

Acordei calma e descansada depois daquela noite com danças exaustivas e momentos loucos, porém só acordei devido a campainha da minha casa tocando, e como minha mãe sai bem cedo pro trabalho, estava sozinha... Penteei o cabelo e escovei os dentes, vai que era alguém importante... Pus uma roupa simples e ao abrir a porta, ninguém. Ninguém, porém algo lindo. Rosas e um bilhete. A princípio, me pus a admirar encabulada. O Nick era mesmo um doce... Peguei o cartão e o li, era singelo e a mão e dizia 'Flores para a mais bela flor. Eu te amo'. Sorri e logo peguei as rosas, a trazendo até meu rosto. Não conseguia conter minha felicidade em um só sorriso, meu namorado era maravilhoso mesmo...
Entrei em casa feliz da vida e quando ia ligar pra ele pra agradecer, vi que havia recebido um sms dele falando que estava indo com Joe para a casa de Miley, e que era pra nos encontrarmos lá... Miley. Foi aí que me lembrei de um trabalho que eu e ela fizemos na sexta série, sobre os tipos de flores e tudo acerca delas. E ao pensar na rosa amarela, logo meu sorriso se desfez  pois me lembrei que não tinha nada a ver com amor e relacionamento, já que as rosas amarelas simbolizavam alegria sim, carinho e preocupação, no entanto ela representava muito a amizade ... Suspirei triste e me sentei no sofá, pensando na possibilidade de Nick saber disso...

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Obrigada pelos comentários, são muito importantes ^^ E obrigada por estarem lendo e acompanhando também. Um beijo na ponta do nariz de cada uma ;{*
Como está todo mundo? Quem já entrou de férias? (\õ/) Booom, espero que tenhamos mais tempo juntas aqui no blogger e espero que tenham paciência porque eu sinto que os meus  capítulos tão a cada dia mais nojentos /; Enfim, desculpe a demora, ainda estou me atualizando nos vossos blogs, já que castigo antecedendo as férias é a pior coisa do mundo, só pra constar D:
Bem, vou tentar ser rápida, então boa noite, se cuidem e beijos pra todos ><

7 comentários:

  1. Amei,eu tava esperando muito o reconciliamento dos meus divos(TayTay),aah Selena,não consigo,pra mim o Nick tinha que ficar com a Miley,eu sempre gostei mais de Nelena,mas...Você fez alguma coisa comigo Cathie que eu prefiro Niley u.u
    -Aceito a afiliação,e eu sei que o correto seria eu ficar na img da Miley,mas não podia ser na da Lucy?Sabe tipo gosto muito dela,você assiste PLL?

    Beijos...Tava com saudades

    ResponderExcluir
  2. Ammmmei \õ/
    Poste logo linda >.<
    hoje o comentário vai ser pequeno,to morrendo de preguiça KKK
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ohh continua
    Q bom q vc saiu do castigo
    E q bom q vc se atualizou la no meu blog
    Ja postei um nv capitulo
    Se puder le e comentar agradeço
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. primeiro:
    Como assim capítulo mais nojentos!?? Estão óótimos!
    segundo:
    Também estou de férias baby! E sim, irá ser melhor para atualizar coisas nas fics e passar mais empo no blogger, que é de mera importÂncia para as fanfikers u.u
    Terceiro:
    ................. Amo tanto Niley em sua fic T.T...........

    Percebi que não sou a única ! Nada contra a personagem da Sel, mas é que a história dos Niley realmente me conquistou!
    Ah, e sobre os Taylor e Jemi.... Que diz de reatação, viu:! hahaha
    Está tudo óótimo!

    xoxo

    -T.

    P.S: Não sei se já leu H.O.R.(Heart Of Revenge), mas postei o cap.03, caso esteja acompanhando...Caso contrário, sería de mera importancia se dessa uma olhada! Caso goste, siga e deixe um coment para mim ficar sabendo ! ^.^
    Agradeço desde já!
    www.projecttlfics.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Hey!
    Lindona, aceito sim a afiliação em dark side, ok? Já vou te colocar lá na elite. beijooo

    ResponderExcluir
  6. Olá! Obrigada por comunicar que não está conseguindo ler H.O.R.
    A Bruna, uma das outras leitoras, também não conseguiu.
    Tomarei providencias o mais rápido possível!
    xoxo
    Muuito obrigada ! Aprecio muito por estar gostando de H.O.R.!

    -T.

    ResponderExcluir