terça-feira, 13 de novembro de 2012

Capítulo 40

Sem demoras dessa vez, o capítulo é curto, só pra complementar o outro e passar o tempo:


Taylor on

"Muitos dias se passaram, dias de sol, chuva, raios e trovões, e a natureza ao meu redor não podia estar pior"... Okay, isso não está acontecendo realmente. Apenas eu estou tentando fazer a porcaria da redação para ver se consigo me livrar da recuperação e do curso de verão... Voltando a colocar meu cérebro pra trabalhar, vejo a porta da sala se abrir bruscamente e Miley entrar com o lanche em mãos. É, ela está fazendo acompanhamento psicológico desde o começo da semana e tem ajudado um pouco, mas dá um desconto, é apenas o início...



Miley: TayTay... trouxe vitamina pra você... - eu ia recusar, mas ela me interrompeu - ... Fica tranquilo que tem proteína em pó e é zero em açúcar. - ela falou e sorrindo, eu tomei o copo de suas mãos. Estávamos ambos procurando uma solução médica para nossos problemas, e sinceramente, era bom tê-la comigo naquele momento -... Como vai a redação? - ela falou, sentando-se a carteira que estava na frente da minha, e largando meu lápis da mão direita, a apoiei sobre  a mesa e suguei um pouco do shake.
Eu: Uma verdadeira bosta. Sério, não achava que fosse tão ruim em redação assim... Até a professora me provar o contrário.
Miley: Hm... pra quando é esse trabalho? 
Eu: Amanhã. - falei indiferente, da mesma forma que ela perguntou.
Miley: Okay. Então amanhã eu o trago e no segundo período você passa a limpo com a sua letra. - ela falou apanhando meu caderno da minha mesa e o envolvendo em seus braços, com um sorriso amigável no rosto.
Eu: O-o que?
Miley: Relaxa, baby... Sou excelente em redação, é a única matéria na qual tiro A sem estudar e realizo todas as atividades com o maior prazer. - eu abri a boca de novo, ainda não querendo que ela fizesse aquilo por mim, quando ela me interrompeu novamente - É sério, as palavras saem de mim belamente como mágica. Fica tranquilo.
Eu: Caramba, muito obrigado, Miley! - sorri surpreso e muito feliz por ela ter feito aquilo. Sei que é errado, mas vamos lá... Sou preguiçoso e péssimo aluno, uma ajuda nunca é fora de hora.
Miley: Tá na nossa cota. - ela piscou pra mim e balançou o cotovelo com o punho firme, e logo levantou-se da carteira. - Então, simbora lá pra fora! Já que você não tem mais o que fazer aqui dentro e, levando em conta que a maioria dos alunos está no pátio comendo, namorando ou vadiando...
Eu: Vamos lá pra fora... - falei, encerrando o assunto, e a conduzindo pela cintura até fora da sala... Em visão do pátio, não havia muita coisa de diferente. Eu e Miley conversávamos sobre sua vida enquanto atravessávamos o corredor, e ela dizia que minha prima estava a apoiando muito, e que ela ficava contente por isso... Bem, ela não é a única...

Tay on

Estava mexendo no meu armário, pegando meus livros para as próximas aulas e ao ver as fotos pregadas lá, minhas com a Demi, desde 2008 até agora, foi difícil não me emocionar... Ainda não tive coragem de retirá-las dali, e nem irei fazê-lo, pois tudo que ela representa pra mim nunca vai ser apagado, e eu espero que ela, do fundo do meu coração espero mesmo, que me perdoe... Pensando nela, ela veio e se posicionou ao meu lado, já que nossos armários eram vizinhos... Foi tão divertido e difícil conseguir aquilo, e agora, era duro lidar  com esse fato. A olhei de canto, ainda com a cabeça baixa, e a vi com um sorriso orgulhoso estampado no rosto; sério, Demi não é assim. Isso é uma máscara para mostrar a todos o quão bem ela realmente não está por dentro. Mas eu a conheço, e os outros nem tanto... Então logo ouvi sua infantil e afinada voz sussurrando sozinha, e pude entender em parte sua alegria...
Demi: A em psicologia, estudos sociais e francês . Congratulations, Demi! - ela dizia rindo, quando, encabulada e com a voz um pouco presa, eu a olhei e permiti que meu pensamento saísse por minha boca.
Eu: Meus parabéns... - disse realmente baixo, mas o suficiente pra ela me ouvir, e com uma cara bem séria, se voltar para mim.
Demi: Obrigada, embora eu não precise de suas parabenizações... - olhei pra ela meio chocada, mas chateada, e não me dando por vencida, tentei me defender, mas fui interrompida grosseiramente - Ô, Taylor, qual a parte do 'eu não quero mais falar com você' você não entendeu? Que saco! Há uma parede de material indestrutível entre a gente, vê se entende! - ela falou totalmente seca e superior, eu engoli seco e enquanto ela fechava seu armário e saía andando empinando seu nariz e seu traseiro, e eu a observava, com muito na cabeça, e também no coração, mas no momento, sem reação alguma...


David on

É, os últimos dias tem sido realmente agitados, mas ainda sim dá pra conviver com minha linda e amável namorada, e a propósito, enquanto andávamos pelo pátio e ela me falava que Miley assumiu ter um distúrbio alimentar e estar enfrentando isso de frente agora e eu opinava sobre o assunto, vimos alguns homens uniformizados em cima de escadas em paredes paralelas, pendurando uma faixa gigantesca e, ao terminarem o serviço, conseguimos ler o que estava escrito:
Emily: "Baile de Formatura: Pois um coração só bate em favor de outro." Ah, que lindo, amor... - ela falou apoiando a nuca em meu peitoral, enquanto sorríamos, e pouco distante de nós, mas não muito, Selena e Nick também liam a mensagem e correspondendo ao sorriso dele, havia a cara de confusa dela.
Selena: Não entendi... O tema do baile é doação de órgãos? - ela falou, ainda confusa, quando desfazendo o sorriso em seu rosto, Nick a encarou.
Nick: É uma frase em sentido figurado. Eles tentaram ser românticos, e destacar que o baile será para pares. - ele falou cerrado, enquanto ela abria a boca e soltava um lento 'Ah'. Eu e Emy rimos discretos; ai ai, como eu adoro a Sel.
Emily: E então, meu príncipe, o que pensa a respeito do baile? - ela disse e deixamos de lado Nelena para nos olharmos um pouco.
Eu: A ideia ainda não me animou muito... - falei atuando, a convencendo ao ver sua expressão curiosa e triste.
Emily: Não?! Por que, não?
Eu: Pois ainda não perguntei algo muito importante a alguém... - me virei pra ela e segurei em suas mãos, ficando sério mas ainda sim doce -... Emily Osment, Rainha de Beleza da Califórnia, garota mais divertida e com os olhos mais profundos do mundo, e namorada do cara mais gostoso do planeta... - ela olhou pro lado rindo, e voltou a me encarar como antes. Ah, qual é? Eu tenho que puxar meu saco. -... Você aceita ir ao baile comigo?
Emily: Seria muito idiota pra negar, né? - ela falou, abrindo seu sorriso perfeito enquanto nós nos abraçamos e ao nos soltarmos, eu a admirava enquanto ela ria pra qualquer direção.

Eu tenho muita sorte por namorar a menina mais linda do mundo, muita mesmo!

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Aí está ele ^^ Não demoro com o próximo!
Beeeijos ;{*


5 comentários:

  1. MOOOOOOOOOOOOOOOOORRI.
    VEEY QUE FOFURA AAAWWWWWWN
    MINHA EMILY *OOOOOOOOOOO*
    SIM, ELA É LINDA, DIVERTIDA E TEM OLHOS
    MAIS PROFUNDOS DO MUNDO bitch please.
    sério, morrendo aqui.
    Demi sua mau educada -'- coitada da minha Tay ç.ç
    bom, diiiiiiiiiiiiva ta perfeito omg omg

    amei amei amei. amei de mais O_O
    que bom que naão demorou. Poste
    mais e não demore tbm u__ú bom, posta -'-
    beeeeeijos2' diva ç2

    ResponderExcluir
  2. Continua
    N demora com o proximo n tá
    Se puder le e comenta o meu
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Lindo!Adoei os dois capitulos.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o capitulo!
    Demorei uns minutos a ler mas foram bem passados. Oh, que querido o David. Já estava com saudades dele na história.
    Posta logo!

    Bjs :)

    ResponderExcluir