sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Capítulo 34

Oiiiiiiiiiiiie, chegando pra outro capítulo (não, pra postar a previsão do tempo ¬¬')
Anyway, tenho que agradecer os comentários. Vocês são maravilhosas *-*
baby_monster, não há problema em afiliar os blogs, pelo contrário, seria ótimo >< Mas eu não sei como se faz (não ria, please). Entra em detalhes aqui? Obrigada desde já ;{)

E sem mais delongas, le capítulo:


Miley on

Ai ai, o dia hoje até que foi bom! E rápido. Incrível como você perde a noção do tempo na pista de kart e revezando entre Burger King, Mc Donalds, FreshMeal e Subway... Shopping é realmente a oitava maravilha do mundo. E em parte, minha alegria era por ver minha Demi não tão cabisbaixa... Lógico, suas gargalhadas de bebê não eram as mesmas, mas só o fato de não vê-la chorando, e deitada em seu quarto melhorava minha vida. Juro pela minha vida que não vou deixar nada magoar ela ou o Taylor, mesmo que o segundo esteja de mau comigo... Então, descansando no sofá após chegar exausta em casa, eu e Demi ainda bebíamos nossos milkshakes e ríamos ao ver nossas fotos tiradas hoje...
Demi: ...Essa ficou linda! - ela falou, apontando para a quarta imagem na folha.
Eu: Todas ficaram lindas, eu e você estamos nelas, Demi! - falei, mandando beijo pra ela e a fazendo sorrir. E logo em seguida, fitar o vazio, pensativa como ela agiu algumas vezes hoje...
Demi: Você tá me dando uma força e tanto, My... Nem sei como agradecer, ou retribuir... - ela falou olhando para mim, com um pequeno sorriso entre os lábios.
Eu: Acredite em mim, sua amizade compensa demais! - falei e nos abraçamos, pela milésima oitava vez no dia. Não sou lá essas coisas de melosa e romântica, mas a Demi tá carente e triste então... é plausível. E o abraço podia continuar, se a campainha não tocasse nos assustando um pouco. Minha alma não esperava por nenhum barulho, rs - ...Eu vou! - falei, me levantando do sofá e ao abrir a porta, uma boa surpresa - Olha quem resolveu dar as caras!
Taylor: Que bom que você que abriu a porta. Te liguei o dia todo, mas não consegui entrar em contato...
Eu: Interditei meu telefone. Hoje meu dia foi 100% dedicado a sua prima. - falei, sem muita expressão. Ainda não sabia como estava a relação Taylor/eu.
Taylor: Bom... My, me desculpa por ontem... eu sou idiota e não sei o que...
Eu: ...o que dizer na hora da raiva.Tudo bem, já estou acostumada com seu jeitinho peculiar de ser...
Taylor: É sério. Vim pedir desculpas. Você é minha melhor amiga e eu realmente compreendi o fato de você não ter me contado, não tem nada a ver com a história... Agora só me diz que vai ficar tudo de boa novamente com esse babaca que age por impulso e depois se arrepende... - ele falou freneticamente e com arrependimento e tristeza no olhar, e eu o abracei carinhosamente, sendo retribuída por dois fortes e desesperados braços que me envolveram a cintura.
Eu: Claro que vai. Aliás, tudo sempre esteve. Porque esse babaca que age por impulso é o melhor amigo da face da Terra e eu sinto uma baita falta da amizade dele, mesmo com menos de 24 horas de distanciamento! - ele riu entre o abraço , e então nos desgrudamos - Vai querer entrar?
Taylor: Tua prima tá aí?
Eu: Sinceramente, eu não sei. Mas creio que não, cheguei faz dez minutos do shopping com a Demi e não houve nenhum manifesto aqui em casa. Mas tem milkshake de baunilha. E então, entra? - disse mais convidativa e pulando os assuntos sem pausas. Ele me olhou sorrindo de lado, e tornou a falar.
Taylor: Não vou ficar muito, tenho academia pra daqui a meia hora...
Eu: Ah, Rome... - lembrei que ele não queria que eu o chamasse assim -...TayTay, musculação de novo? Achei que tivesse acabado a vigorexia...
Taylor: Não tem botão pra isso, Miley... E não é por causa da vigorexia, eu realmente preciso ocupar meu dia de outras formas, né? - é, agora ele não beija na boca nem faz outras cositas más... Mas é melhor parar de ficar conversando na porta.
Eu: Vaaaaaaaamos entrar logo, Taylor. É cansativo ficar em pé!
Taylor: Falta de atividade física, tou falando... - ele falou, rindo fraco e entrando em casa comigo. Demi assim que o viu levantou-se do sofá e eles se abraçaram por um bom tempo. Os sorrisos dos meus melhores amigos não era tão aberto assim, seus olhos não brilhavam como de costume, mas o fato de tê-los, resistentes, ainda é , digamos que... animador - ...E como você tá, minha rainha?
Demi: Levando... tava preocupada com você! - ela falou, ainda em seus braços. Eles eram realmente muito fofos conversando.
Taylor: Não precisa se preocupar... Eu só, meio que sumo as vezes... - ele falou dando uma risada abafada e eu entrei na conversa.
Eu: Pois é. O safadinho adora dar uns perdidos sozinho... mas agora ele está bem. E eu também, com meus dois BFs, quem não estaria? - falei, os abraçando ao mesmo tempo e sendo docemente retribuída  Mesmo com toda a dor que aguentaram, incrível como a Demi e o Taylor conseguiam ser carinhosos e amáveis no dia seguinte... Incrível mesmo...

Tay on

Pra quem teve uma vida acabada ontem a tarde, até que meu dia hoje não foi tão ruim... Sei lá porque, mas a Selena quis ficar na minha cola o dia todo, e eu não estou reclamando... Foi legal, nós temos até algumas semelhanças e isso francamente, me impediu de abrir um frasco de qualquer remédio e pôr goela abaixo, por tristeza ou por distração mesmo... E agora, ela vinha com dois saquinhos de pipoca em minha direção... É, a praça da cidade o local. E Nick não está junto; ele meio que a 'liberou' do namoro por um dia pra ela ficar comigo... havíamos conversando um monte, e isso serviu como uma terapia pra mim...
Selena: Então, ouvi falar que essa é a melhor pipoca da região! - ela falou sorridente, me entregando um saquinho e já comendo alguns flocos do seu.
Eu: É, minha prima fala isso... - falei rindo - ...Vocês comem igual. A diferença é que você é fofa e educada fazendo isso, e ela não! - disse, e ela riu um pouco mais grave - Sério!
Selena: Não fala mal da Miley, ela é minha boneca. Pode arrotar e falar de boca cheia as vezes, mas é adorável, não dá pra negar...
Eu: Que bom que gosta dela. Sua amizade faz bem a ela. - disse um pouco fora do assunto, a fazendo sorrir timidamente - E tenho que admitir que, hoje , também a mim... Não sei como faz isso, Selena, mas consegue. Consegue deixar as pessoas se sentindo bem, mesmo em seu pior estado...
Selena: Eu tento, né? - ela falou confiante e iniciamos a caminhada em direção a casa - Vai pra casa, agora? Ou prefere ir pra minha?
Eu: É sério, Selena, sua bondade é admirável, mas não precisa ser gentil em tempo integral e, eu tenho que voltar a vida real algum momento...
Selena: Faço isso porque quero, juro. Mas e aí, o que vai ser? Minha casa, ou a sua? - ela falou, e pareceu aqueles cafetões de filmes com conteúdos pesados, mas voltando a raciocinar...
Eu: Segundo meus cálculos, a Demi estará lá em casa, que a propósito, também é a casa dela e tenho certeza que ela não vai achar a coisa mais legal do mundo me ver agora... então, se não for incômodo, a gente pode ir pra sua casa sim...
Selena: Não é incômodo. Minha mãe deve ter chegado do emprego há pouco tempo e o jantar deve estar sendo feito nesse exato momento, você pode jantar com a minha família e depois, assistimos um filme ou mexemos na net... Você decide...
Eu: Ai, Selena. Você é gentil demais. Nossa Senhora,  as vezes penso que não é de verdade! Mas muito obrigada por tudo, e eu espero não estar atrapalhando!
Selena: Vai atrapalhar se continuar falando essas coisas que eu sou bondosa e você incomoda e blah blah blah... Agora vamos logo, se não me engano, hoje o jantar seria comida árabe e eu adoro quando a minha mãe cozinha isso! - sorri pra ela e após enlaçar meu braço no seu, seguimos caminhando para sua casa... Ela realmente era a razão pra eu não querer morrer hoje. De verdade...

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Obrigada por tudo, meninas! E comentem se puder, se gostaram ou não. É realmente muito importante saber a opinião de vocês ^^
E a propósito, tenho que falar que meu pai vai me interditar o notebook por sei lá quanto tempo, mas eu vou tentar dar um jeito ;{)
Beeijinhos, se cuidem ><

6 comentários:

  1. mooo te explico sim, se vc olhar na barra lateral do meu blog,(header) vc vai ver afiliados, são imagens com limkims de blog, ou seja divulgação, kkk quer intão bora afiliar??? ja vou te colcoar no meu

    ResponderExcluir
  2. o my god que capitulo ótimooo
    quero a blusa da tay emprestadaaaa, pede pra ela pleaseee
    posta mooo

    ResponderExcluir
  3. Adorei o capitulo!
    Esse capitulo foi dedicado as amizades existente na história :) Lindo!
    Posta logo!

    Bisous mon amie :)

    ResponderExcluir
  4. Lindo!Uma tarde animada depois do drama que foram os outros capitulos.
    Posta logo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ammmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmei
    OMG OMG OMG muito perfeito. Tão cute-cute *--*
    como sempre maravilhoso. Não cansa de humilhar.
    para de ser diva, garota ; Mentira, não ouse parar u__ú
    história perfeita. posta mais , ansiosa; beeeeeeeeeijos2'

    ResponderExcluir
  6. Mo vcja to nos afiliados, quando vai postar??? esperandooo
    também postess ve plesae!!!!!

    ResponderExcluir