sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Capítulo 19 parte 4


Capítulo novo, espero que gostem:

Miley on

Ao chegarmos no hospital, fomos para a sala de espera… Joe disse que o gato estaria lá… dá pra acreditar? Uma viajem inteira no mesmo carro que a Sebby? Argh… enfim, quando subimos, vimos a Leãozinho num mar de lágrimas, e o gato sentado ao seu lado, com uma mão sobre seu ombro e a outra segurando um copo d’água… todos nos posicionamos em frente a eles, enquanto quando alguns sentavam confortando a Taylor, outros, tipo eu, tentavam entender a situação…
Eu: Desculpa a grosseria mas, o que houve, gente?
Nick: Distração na estrada! O carro dele tombou com uma parede, lodo do lado do motorista… - eu engoli seco, e a Taylor me olhou, com a cara totalmente encharcada…
Tay: É quase inacreditável, Miley! Eu não posso perder mais alguém assim, não mesmo… - ela falou,chorando mais e tampando o rosto…
Selena: Mais alguém? – ela disse, confusa, sentada ao lado da Taylor…
Demi: Os pais e o irmão da Taylor morreram num acidente de carro! – ela falou seriamente, baixo próximo a Selena.
Selena; Ah… sinto muito! Nunca perdi alguém tão próximo assim… - ela falou, pondo a mão sobre o outro ombro de Taylor…
Eu: Talvez por isso você não saiba dar valor as coisas importantes na sua vida! – ironizei, a encarando com braços cruzados, enquanto Nick me repreendia com o olhar… ele tá mesmo super amigo dela… eu me sentei solitária na poltrona, triste pelo TayTay, e nesse instante, uma mulher chegou com uma prancheta na mão, e chamou os responsáveis do Taylor Lau… ah, do Romeuzinho… todo mundo falou que era amigo dele, e que os pais dele estavam viajando, e blá-blá-blá… quando a mulher soltou a bomba, que deixou todo mundo sem reação…
Enfermeira: Bom, é crucial nesse momento que vocês saibam, que, infelizmente, a vida do amigo de vocês está por um fio… - nesse momento, todos olharam chocados e tristes pra ela –

ela pegou a prancheta e a olhou novamente -… pelo visto, todos os cacos de vidro foram retirados do corpo dele… mas por conta disso o sangue foi danificado e ele perdeu grande quantidade… uma doação de sangue vai ser necessária, pra ele não perder a vida… algum de vocês se voluntaria a doar? – ela pergunta, quando todos, ainda tristes ,fazem um alvoroço se candidatando -… nossa, é bom ver que ele tem tanta gente que se preocupa com ele…

Nick: Demais…
Emily: Todo mundo aqui tem mais de 52 quilos e é bastante saudável, não nos importaríamos em doar para o Taylor… - a enfermeira deu um sorriso, e encarou de novo a prancheta… cara, aquilo tava péssimo…
Enfermeira; Okay, o problema, é que o sangue do Taylor Lautner é O-… quem também possui esse tipo sanguíneo? – ixi, ferrou comigo… bom, eu não presto atenção nas aulas de biologia, mas tenho certeza que B não doa para O, só vice-versa… bem, o gato também é B, a gente era igual, eu lembro *-*… tenho certeza que a Leãozinho é AB, e Joes também… os outros eu não sei, é melhor alguém falar… porque a tristeza e o silencio agora foi geral…
Nick: Bom, eu sou B+…
Eu: eu também…
Joe: Eu sou AB, e a Taylor também…
Emily: O… - todos sorriram pra ela -… positivo! Demi, vocês são primos, não…
Demi: Meu sangue é diferente do dele… sou A-… puxei a mamãe, e ele minha tia… - ela diz interrompendo Emily, com uma profunda tristeza no olhar…
David:… Eu também sou AB… - ele fala super triste, enquanto a Taylor começa a chorar outra vez…
Eu: Fica calma, prima… ainda tem alguma chance… falta a… Selena… falar… - olhei pra ela, embora sem nenhuma esperança…
Selena: Eu sou O negativo… - ela diz, timidamente, levantando a mão, com medo dos olhares sobre ela…
Tay: graças a Deus… - ela gemeu recolhida no sofá, enquanto todos, exceto eu, sorriam esperançosamente pra ela…
Nick: Você é incrível, Selena! – ele a abraçou por um tempo enquanto, desconfortável, ela sorria… argh, que ódio! Não acredito que ela vai salvar a vida do Romeuzinho…
Demi: É! Muito obrigada! – ela segurava nas mãos de Selena, enquanto a enfermeira, sorridente, voltava a falar…
Enfermeira: Então, Selena, a senhorita tem mais de 52 quilos e vai querer doar sangue para o Taylor Lautner?
Selena: Sim, e sim! – Nem acredito! A Selena, mais de 52 quilos? Ela não deve ter nem 30! E, ai… pára, Miley, não é sobre a Selena, e sim, o Taylor… deixa ela ajudá-lo, ele é seu amigo…
Enfermeira; Então, venha preencher um formulário, e depois, entre na sala a esquerda! –ela dizia se afastando com Selena atrás, enquanto todos, entre lágrimas, sorriam. Admito que até eu fiquei um pouquiiiiiinho contente com o momento…
Demi: Wow, nem acredito!
Eu: Nem eu! Aonde tão os 52 quilos da Selena?
Emily: Ah, My, pára! A gente tá feliz com a boa ação da Selena…
Tay: É, se tudo correr certo, eu vou ser eternamente grata a ela… - ela dizia, brotando um sorriso no canto do rosto…
Eu: Aff…Só quero que o Taylor fique bom, logo! – me afastei de todos, e me encostei próxima da parede do elevador, soltando uma ou duas lágrimas… cara, tudo tava indo de mal a pior, mas uma coisa eu tinha certeza: não podia perder meu melhor amigo! Não mesmo… e, quando eu estava olhando o movimento de pessoas no hospital e pensando na morte da bezerra, vejo alguém tocando no meu ombro… -… que é? – falei, na maior das grosserias, me virando, e percebo o gato com um sorriso chocho pra mim -… ah, oi Nick… desculpe o estresse, é que eu…
Nick: tá tudo bem, eu entendo… seu melhor amigo, sua ex-melhor amiga…
Eu: Meu ex-namorado… - olhei pra cara dele, com toda a tristeza do mundo, enquanto ele me retribuía com dó e angústia… -… foi mal, hum… o que você quer?
Nick: Eu queria te convidar pra dar uma voltinha lá embaixo, pra refrescar a mente! –ele tenta sorrir esperançosamente.
Eu: tá bem… vamos… - sorri pra ele da mesma forma enquanto ele apertava o botão ao lado do elevador, e ao as portas abrirem, entramos e deixamo-nos descer, sem muita animação pra tudo…

Demi on


Oh, meu Deus… era o meu primo ali, entre a vida e a morte, e eu não queria acreditar… podíamos nos mostrar fortes, mas no fundo estávamos todos como a Taylor… a Emily piscava os olhos com força, para esconder as lágrimas, o David comia as unhas que já não tinha mais, e eu, tentava respirar fundo, pra dar força pra minha amiga chorando… o Joe também tava muito atencioso com a Taylor, mas já que eles eram melhores amigos, isso era de se esperar… era bom vê-lo uma vez na semana sem ser na escola, eu nem sei o porquê, mas a gente já tava muito distante ultimamente… enfim, quando a poeira baixou, a Selena veio sorrindo murchamente…
Eu: Oi, Selena…
Emily: Já fez a transfusão?
David: Correu tudo certo?
Joe: Ele já acordou? – todos a afobavam de perguntas, enquanto calma, ela sentava-se na outra poltrona… um casal ao lado, também na sala de espera, a olhavam estranhamente… talvez devido ao cabelo todo bagunçado… de onde será que o Joe a tirou, àquela hora?
Selena: Bem… eu tirei o sangue, já… eles vão demorar algumas horas pra fazer a transfusão, e disseram que quem quiser ir pra casa descansar, pode voltar daqui a duas horas… - ela nos olhou tranqüila, enquanto todos a encaravam da mesma forma e antes, e voltavam a conversar, sem dar muita atenção ao que foi dito… diferentemente de todos, eu me sentei ao seu lado, em uma poltrona próxima a sua, e sorri confiante pra ela…

Eu: Olhe, o que você fez pelo meu primo, não tem preço… eu nem sei como te agradecer, Selena… você é uma pessoa incrível! Desculpa-me não me importar com você, como devia! Me desculpa por tudo e… obrigada! – falei, sorrindo pra ela, e sendo correspondida…
Selena: Ah, que isso, Demi… vocês sempre foram ótimas pessoas, pra mim… o Taylor é maravilhoso, e um doce! Não podia deixar as coisas assim, podendo ajudar… e, não tem o que desculpar, sempre fomos tão amigos, é lógico que… depois do ocorrido… - ela olhou pra baixo, e engoliu seco -… não precisa agradecer! – a Selena sempre foi tão fofa, a gente não devia ter deixado um desentendimento entre ela e a Miley, fazer-nos odiá-la tanto… depois de pensar, sorri novamente, e ela fazia o mesmo… logo em seguida, o Joe olhou pra todos nós, ele estava conversando com a Taylor, e ao olhar pra ela, a percebi dormindo, rs…
Joe: Vocês acham que eu devo levá-la pra casa? – eu sorri pra ele, o David e a Emi se entreolharam, e tornaram a falar…
Emily: Am, deixa o David e eu levarmos, você não tem a chave de casa…
David: É! Mas, e a Demi? – ele sussurrou pra Emily, me permitindo ouvir e ficar confusa…
Emily: A Selena tá com ela! Não deixaria que nada a mais ocorresse! – ela sussurrou também, me confundindo mais ainda.
David: Ok! Eu levo a Taylor! A coitada teve um dia péssimo, hoje! E esse susto do acidente de carro não deve ter ajudado em nada o emocional dela! – ele disse bem alto, se levantou, e foi em direção a Taylor, pegando-a no colo e saindo com a Emily… Selena olhou pro Joe, e em seguida pra mim…
Selena: Hum… desculpa perguntar, mas… vocês ainda tão juntos? – ele me olhou triste, e eu olhei pra ela sem resposta -… ok… eu entendo… então, vocês se importam se eu for pra casa? Minha mãe deve ter preocupada, por eu ter saído àquela hora sem dar explicação, e ainda por cima por ter deixado a casa toda aberta… - ela se levantou, pôs as mãos nos bolsos e sorriu pra mim e pro Joe…
Eu: Claro, pode ir querida…
Joe: Valeuzão, Selena… se quiser uma carona pra escola, qualquer dia… - ele levantou a mão, em aceno, a fazendo rir um pouco, e ir em direção a porta do elevador… eu me levantei, enquanto o Joe também, e, cara a cara,a só tínhamos nós dois pelo Taylor, na sala de espera…
Eu: Precisamos conversar, Joe… - falei, olhando bem nos olhos dele…
Joe: Pode ser em outra hora? … o momento agora, não é o melhor… - ele falou, coçando a cabeça e me olhando um pouco triste, enquanto eu assentia com a cabeça, compreendendo ele -… Demi, me dá um abraço? – ele falou numa cara tão triste, enquanto eu já o abraçava, e, sem mais nem menos, eu senti o gemido dele, e em seguida, suas lágrimas em meu cabelo… - eu te amo! – ele dizia, naquele mais que apertado abraço, me fazendo o apertar mais…
Eu: Eu também… - disse, engolindo o seco, e sem entender as palavras dele, mas amando ouvi-las…

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Gente, se não estiverem gostando da fic é só falar, okay?
Todo autor precisa de leitor, pra saber que não escreve em vão...
Obrigada aos comentários dos capítulos anteriores s2
Beeijos :*

3 comentários:

  1. aaaaaaaaain que fofo esse último momento
    Tipo, eu odeio a Selena e queria que ela fosse vilã, mas isso o que ela fez foi beeeeem legal
    A história ainda é Niley fia?
    TÔ BEEEM CURIOSA PRA SABER O QUE ELES VÃO CONVERSAR!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o capitulo, amiga!
    Desculpa o atraso para comentar mas o meu Blogger estava estranho e eu não consegui comentar mais cedo.
    Tenho falado com alguns amigos sobre o seu blog e estou passando :D
    Posta logo!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Daqui a Juliana,uma seguidora do blog da Diana.
    Ela me pediu para ler a sua história e eu fiz embora não gostar de Niley.
    Adorei!Vc tem muito jeito.
    Se quiser eu posso divulgar o seu blog nos meus ou passar a pessoas que sejam teem Niley.
    Era só isso.

    Beijos,
    Juh :)

    ResponderExcluir