sábado, 3 de setembro de 2011

Capítulo 19- parte 1

Gentew! Tudo bem??? Tou correndo agora com as introduções... muitos problemas!  E eu sei que todos tem, né? Mas, se Deus quiser, melhora! obrigada quem tá sempre lendo o blog, vocês são fofos demais *-*

Capítulo:

Joe on

… Eu nunca havia me sentido tão solitário assim antes… sem os meus amigos, o meu irmão e minha namorada… é, agora que eu não tinha mais, sentia falta dela… pena que a Emily e o David agora façam plantão pra eu não me aproximar da Demi… e o Taylor sequer me encara, só quer saber de andar com o Nick, o novo ‘melhor amigo’ dele… e o pior é que a vagabunda da Taylor fica se fingindo de santa, algo que com certeza ela nunca seria… ai, que pena, aula de educação física agora…
Professor: Handebol hoje. Quero dois grupos de quatro. Dois meninos e duas meninas em cada. Agora! Você, e você, tirando o time! – ele apontou pra Miley e pra Emily, que rapidamente começaram a escolher. A Miley escolheu o Taylor ¬¬’, a Emily escolheu o David ¬¬² , Miley escolheu uma menina que não me era estranha e… aa, eu já tinha ficado com ela! Sacal isso! Emily escolheu a Demi e o Nick de uma vez só, e só ficamos eu e uma menina de jeans, que na certa não ia praticar a aula… com a maior cara de cansaço do mundo, a Miley fez um sinal com as mãos pra eu me juntar a eles… Taylor, a garota que eu não lembrava o nome e Miley me encaravam completamente repulsados… aquilo me deixava tão triste… eles continuavam a bolar sua estratégia de jogo, e eu os olhava penosamente, sem a mínima retribuição… o apito havia sido soado, e então todos começaram a se dispersar e jogar…
Eu: … Ser o ultimo a ser escolhido, e ainda não participar da tática do próprio time é fogo! – sussurrei comigo mesmo, enquanto a Miley se mostrava próxima e me olhava um pouco incrédula.
Miley: não reclama, você fez por onde! – ela disse, se driblando e pegando a bola da mão da Emily, que já estava correndo na quadra –… Pega, Tay Tay! – Miley jogava a bola pro Taylor, que estava há uns, 4 metros de distancia dela e com a marcação do Nick e do David… bola pro outro time…
Eu: Por que não jogou pra mim? Eu tava bem do seu lado! – falei admirado ainda com sua ação. My fez um bico meio torto e se afastou bastante… no final das contas, todo mundo do meu time tocava na bendita bola, com exceção minha, é claro…

Miley on


… O jogo foi uma porcaria… a Ashley e o Joe no mesmo time que eu… só o TayTay salvou… mas ele mesmo… tava distraído que só hoje… aliás, ele anda assim a semana toda… também, pudera, problemas pra pensar é o que não falta pra ele coitado… o melhor é que a aula tinha acabado, e meu banhinho também… saía do banheiro lentamente a procura de alguém, mas fui sorteada duplamente… o gato e o Romeuzinho estavam conversando próximos ao bebedouro. Bônus!
Eu: … Heey, Soul Brothers… – disse me aproximando, em tom amigável. Os dois me encararam confusos e eu os retribuo entediada – Hey, soul sister… Train… ‘sisters’ ‘brothers’ – apontei pra eles ainda sem reação –… é um trocadilho, bosta! Deixa pra lá, só os inteligentes entendem…
Taylor: Nós entendemos Miley… o que você quer? – ai! Essa doeu… nunca imaginei ouvir isso do meu buddy TayTay…
Eu: Nossa, que grossura hein? Obrigada o apreço, nada não!Tchau! – ia me virando quando o Taylor me puxa pelo braço e faz voltar a encará-lo – ‘ O que você quer?’ – falei tentando imitá-lo.
Taylor: Podemos conversar a sós, My? Eu preciso de auxilio. Seriamente. – ele disse pausadamente. Eu o encarei, e ao fundo da pergunta, notei o gato, que sequer havia aberto a boca… eu pisei na bola mesmo… mas não era tarde…
Eu: Am, pode ser depois,Tay Tay? Se não se importa, eu gostaria de levar um ‘papo’ com o Nick agora. Se ele não se importar, é lógico! – o Taylor e eu, ao mesmo tempo, encaramos o Nick, que olhou pra baixo e deu de ombros. TayTay se afastou, e sorriu pra mim calmamente, eu acenei e o gato permaneceu como estava, até eu tocar de leve seu braço – Ni…
Nick: Fala, Miley!
Eu: Am… você ainda tá puto comigo?
Nick: eu não fico ‘puto’. Relaxa… – continuávamos a andar a caminho da saída da escola, e ele muito distante.
Eu: quero dizer… eu revi meus atos e reflexos e percebi que… talvez eu tenha exagerado mesmo… – ele me olhou como bem sarcástico, e voltou a encarar a frente –… Tá, eu errei muito mesmo, cara… mas olha, eu me arrependo, sério, Nick, me arrependo de corpo e alma… quem me dera uma máquina do tempo pra voltar há dois dias atrás e fazer tudo diferente…aliás, se eu pudesse voltar dois dias no tempo, eu nem levantava da minha cama pra fazer merda…
Nick: É aí que esta a coisa, My… não existe máquina do tempo… não existe reversor… ou qualquer invenção que nos faça voltar atrás… até porque se existisse, eu já teria experimentado mudar minha vida completamente… – ele falou, calminho,doce e frio, ao mesmo tempo. Era incrível a poli de sentimentos que ele conseguia causar em mim. Mas o que ele falou, era certo… de todos da galera, o Nick é o que mais sofre e não faz por merecer… ele merecia mudar a escritura da vida dele por completo, tadinho… inclusive as partes comigo presente…
Eu: É… – falei, cruzando os braços e esfregando uns aos outros com as mãos –… Me perdoa por tudo, Nick? Eu sei que é um pouco tarde pra dizer isso, mas…
Nick: My… eu não sou Deus, pra te perdoar… assim como você também não é pra me perdoar… uma coisa leva a outra… e a vida vai nos levando… e se não for o silencio da solidão, com quem mais nós vamos refletir nossos pensamentos?… eu não sei você, mas… isso funciona comigo… obrigado. – ele se afastou já no portão da saída… enquanto eu me dirigia a outro canto completamente deslocada… eu e o Nick já era mesmo…

Taylor on

Tudo tinha que estar perfeito… cabelo, roupa, sorriso… é, tudo é perfeito se tratando de mim, hahá… ultima olhada no espelho e… ai, credo, eu tou parecendo uma menina… mais especificamente falando, a Emily…sai de casa tranquilamente e entrei no carro respirando fundo… relaxa, man, ia dar certo, já fiz isso antes, duas vezes, e uma delas com a minha melhor amiga… a outra com uma porta de menina mas, intimidante de beleza e sentimentos também… mas não como essa … dirigia pensando: Tinha que ser único, especial e inesquecível… ah bah, esquece isso meu, a Miley disse que garota não se importa em como, apenas quem… não ia ser complicado assim… ainda mais do jeito que falam que ela tá na minha fita… pronto, em frente a casa … buzinei duas vezes… mais do que rápido ela saiu e lá… estava perfeita!
Tay: Oi! – ela falou bem doce, e olhou pro carro… engoliu seco e abriu a porta-… eu tenho mesmo que entrar aí? -… ela dizia, como se meu carro fosse uma armadilha mortal.
Eu: Não fala assim! E o caminho é longo, tenho certeza que você vai ficar cansada na metade dele! – sorri pra ela e abri a porta do passageiro do carro, e ao entrar, me deu um sorriso sem graça e tentou parecer natural… -
Tay: aonde vamos? – elas dizia, olhando da janela, esfregando as pernas e simulando não parecer nervosa.
Eu: Você vai ver… mas… só depois de me contar o porquê de engolir seco e encher os olhos de lágrimas toda vez que entra num carro! – eu disse, tentando não pressioná-la, mas tendo uma resposta frustrada… ela me olhou tremula, quase sem conseguir falar… -…Problema?
Tay: Não… am, a gente já tá junto há um tempo… você vai ter que saber qualquer hora, independente da nossa relação ou não… - ela disse, piscando profundamente os olhos. Duas lentas lágrimas rolaram por seu rosto, e sua voz fina começou a fraquejar… mas se era alguma coisa que precisasse saber, pelo jeito era algo extremamente triste…

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Taí o capítulo! Muito obrigada as palavras doces de quem comenta e fortalece as minhas energias! Eu sempre peço pro vocês nas minhas preces! obrigada mesmo!
Beeeeijos!
Cuidem-se ;D

5 comentários:

  1. Adorei! Como sempre!
    Eu vou sempre ler o blog, isso te garanto. Eu ficarei sempre aqui pra ler.
    Obrigada também por comentar no meu blog. Aliás, obrigada por tudo!
    E enfim...aqui está um comentário de uma doida!

    Bisous! o nosso cumprimento especial :D Não me posso esquecer disto.
    E posta logo!

    ResponderExcluir
  2. OOOWWWN AMOR
    TÁ LINDO
    Mas eu não aguento mais a Miley e o Nick mals assim
    DEUCLPA NÃO TER COMENTADO NO ÚLTIMO,
    MAS EU ADOREI
    MUITO OBRIGADA POR TER DIVULGADO O MEU BLOG!
    Owwwnt, sério que vc tá lok pra comentar?
    MUITO OBRIGADA, VIU?

    ResponderExcluir
  3. Não vou mentir, a Miley mereçeu ouvir o que o Nick disse.
    PERFEITO o capítulo
    Posta outro LOGO

    ResponderExcluir
  4. UHULLLLL
    Vc postou
    Amigaa, desculpa não ter postado no último capitulo, mais vc sabe como tá a minha vida :/ Super corrida :/
    Enfim, amei o cap.
    Posta logoo miguxaaa
    Beeijos
    Manu

    ResponderExcluir
  5. Ps : Brigada por divulgar meu blog *--*

    ResponderExcluir