quarta-feira, 18 de maio de 2011

Capítulo 15 e mensagem (ultra atrasada)

Gentew!!! Novamente uma demora! Sorry, again! Não tem internet na casa de ninguém que eu conheço, e por um longo tempo não cobriu o bairro, portanto né? Bem, tou tão feliz que tou repostando capítulo aqui! E então, obrigada a quem comentou no post anterior, morri de saudades!!

New Histories = Olha, você está ‘decepcionada’ comigo? Bom, também não sei se essas são as palavras certas mas,eu estou decepcionada com você também! Sabe, não sei se já te falei isso, e se eu não falei, eu repito pela ultima vez: De todas as pessoas do blog, uma das únicas que eu amava e confiava era você!E se eu sumi, foram por razões pessoais, muitas, aliás, que não podem ser justificadas em uma página qualquer da internet! Agora, se você não pode entender isso, problema seu! E pode parar de falar comigo se quiser, porque em momento algum eu me exaltei com você, e gostaria de devolução, portanto, sinto muito se é impossível me bloquear do seu blog, mas se ainda quiser, eu faço esse favor pra você! Obrigada!

Dê= Meu amor, você também voltou!!! Fiquei tão feliz! Sentia tanta falta de você e das suas fics! Você é incrível! Lembrei, sim, da Vanessa, rs! Obrigada por tudo! Ah, te amo!Beijos ♥

Pam = Meninaaaaa, que saudades de você, gata!*-* Ai, fiquei tão feliz que não se esqueceu de mim, e mais feliz ainda por ter criado novas fics. Talento puro, hein? Já tou postando, mas foi muito bom ter coment’ seu aqui! Heey, seu níver passou, am, li no seu blog minutos após ter postado aqui! Sinto muito não ter desejado os parabéns! Mas, Thank’s pela recepção! Beijooos!!!

Diana(DSP)= Nossa, obrigada! Nostalgia de você, da sua fic, das nossas conversas e tudo o mais! Obrigada por lembrar de mim! Beijos, te adoro!

Manuh = Minha miga! Voltei! Nossa, de todos, a que mais me cercou de novas foi você! Uau! Espero que esteja indo bem na escola, e que pena não gostar de BBB… aa, sou corna sim, não me lembrar de uma amiga tão especial feito você, é trairagem! Well, obrigada pelo carinho e pelos elogios! Adoro-te! Beijos!!!

Cah = Amigaaa, quanto tempo!!! Nossa, como estás? Quero saber de tudo, mas já vou adiantando te dizendo que continua a escrever super bem! Beijooos, brigada! Te amo s2

E agora, o que ninguém merecia ler:

Demi on

Eér, já faz mais ou menos um mês... E muita coisa mudou; muita mesmo… o Joe voltou a se ausentar, e agora é menos presente do que nunca. Eu não poderia estar mais magoada… a Tay Tay se tornou uma amiga mais presente e ativa, acho que foi o fato do relacionamento dela com o Taylor estar indo muito bem… falando nele, ele está melhor a cada dia, e mais amigo da Miley, que, a propósito, tem comido bem menos ultimamente, e muito mais próxima do Nick, e também da Emi e do David, que estão cada vez mais fofos… falando neles…
Emily: Oi, Demi!
David: Como vai?
Eu: Vou bem, muito bem, aliás… Vocês bom, eu não preciso nem perguntar , né?
Emily: Estamos ótimos! – ela falou sorrindo, abraçando o Dav com apenas um braço, e ele retribuía…
Eu: Bom, vou deixar vocês namorando sozinhos… não quero interromper… – saía da sala e ia reto para a cozinha, enquanto eles gritavam que não interrompia… embora soubesse que sim… entrando na cozinha, vejo o Taylor sentado na cadeira olhando assustado e amedrontado para a Miley, que estava abocanhando uma torta, cantando e dançando…
Miley: ♪ … Cuando menos piensaaax, xale El xol… y um dia dexxpuéx♪ … Aa, txortxa é a oitchava maravilha! – ela mastigou, suspirando e cuspindo pedaços de torta na cara do Taylor… e logo em seguida me percebendo na cozinha –… Tá xervida, Demx? – ela falou, me apontando o prato de torta…
Eu: Isso era pra Emily… ela tava querendo muito uma torta de morango, e como boa amiga… passei a manhã toda fazendo com a maior dedicação… – olhei pra Miley com cara de desgosto, enquanto o Tay me olhava atentamente, ela continuava devorando…
Miley: Mas, pelo ladxo bom, voxe ta de parabenx! E… – ela engoliu a torta e passou as costas da mão na boca –… Bem melhor! Enfim, a torta ta maravilhosa… e outra, com o David por perto, a Emily nunca iria olhar para uma torta qualquer na geladeira…Hmm, o que cê tá fazendo aqui, na porta da cozinha, olhando pra nós?
Eu: ah, nada… nada pra fazer em casa… seria bom ficar perto dos amigos… e do primo… Olá Taylor!
Taylor: Oi, prima! Desculpa não ter falado com você antes… fiquei abismado com a visão paranormal da ‘Shakira’! – ele falou, olhando repulsado pra Miley.
Miley: Hey! Fique você sabendo, que eu canto muito bem… e poderia até ser uma sósia da Shakira… ♪ Sale El Soool♪ … – ela voltara a cantar e dançar, muito mal, por sinal…
Eu: Valeu, primo! – sussurrei pra ele, saindo da cozinha tampando os ouvidos…
Taylor: Hey Demi, espera! – ele veio correndo atrás de mim, deixando a My sozinha na cozinha – … Você por acaso sabe onde está a Taylor? – eu olhei de forma bem peculiar pra ele, e logo em seguida, ela vinha descendo as escadas, muito bonita…
Eu: Serve aquela ali? – apontei pra escada, e ele sorriu ao vê-la descendo… eles se cumprimentaram e conversaram… mas aí já é outra história… enfim, sem mais nada pra fazer, não me restava alternativa a não ser ficar com a Emily e o David – … Então, quais são as novas?
David: Nenhuma nova… a Emily é a única no meu coração! – eles juntaram os narizes e sorriram um para o outro e voltaram a se namorar.
Eu: ecaa! Vocês são nojentos… – levantei do sofá e olhei meus arredores… nada versus nada… – Preciso do Joe! – Falei, pegando o celular e deixando a Taylor com a mão praticamente em mim…
Tay: Não… não, liga pra ele… ér, pelo menos agora não! – ela falou, tomando o celular da minha mão com uma aparência bem nervosa…
Eu: Hey, qual o grande problema? Você não estava com ele há 40 minutos? – falei, rindo abafadamente junto as minhas palavras enquanto ela, Taylor, Emily e David me olhavam preocupadamente.
Tay: Ée, estava… bem… ele disse que ia pra… pra…
David: Pra Igreja! P-pro bingo da igreja! – ele falou freneticamente.
Tay: É… c-com a avó dele… – ela sorriu amarelada e gaguejando.
Eu: A avó dele não ta na cidade! – falei negando e duvidando dela.
Taylor: Então, foi com, a avó da… amiga …da minha… professora do 2º ano… Prima! – ele sorria, tal como a Tay… era humilhante ver todos sorrindo sem-graça pra mim… Não me sentia bem com aquilo… notava a mentira na voz deles…
Eu: Tá bem… tá… eu… vou pro meu quarto… estudar pra prova de amanhã… – falei, e em seguida subindo freneticamente as escadas e ao entrar no quarto, fechar a porta agudamente… sentei na cama, e de maneira bem silenciosa me lastimava… como sempre… embora mais incorreto, ausente e remoto que ele fosse… nunca me enfadava… era tão… inconfortável…
Tay: Será que eu posso entrar? – ela disse, batendo levemente na porta e já em seguida entrando e se sentando ao meu lado na cama.
Eu: Quê que você ta fazendo aqui? – olhei, com indiferença pra ela enquanto ela sorria pra mim…
Tay: Desculpa por lá na sala… não queria mentir pra você… mas é que, eu não podia…
Eu: Sei, sei… não podia ser infiel a amizade dele! – a interrompi, enquanto ela conciliava–… Mas você sabe o que é pior? 15 anos de namoro, e nenhuma desculpa concreta pras faltas dele… isso me dilacera por dentro, embora eu não demonstre! E você e os outros são maravilhosos… protegem-me sempre, de toda a mentira… mas, eu tou acordando… e é pra valer, Taylor! – ela segurou forte, as minhas mãos e me olhou seriamente.
Tay: Não termina com ele , Demetria!
Eu: Ai! Não me chama assim! E eu não vou terminar com ele… pelo menos, não agora… – falei, desviando meu olhar dela…
Tay: Por favor, por mim… e, olha pra mim quando eu falo! – ela falou me sacolejando e me fazendo olhar pra ela –… Ele te ama! Assim como eu te amo, e, mesmo estando distante algumas vezes e, quase nunca comprovando isso, é verdade! Não o deixe! Não deixa a gente! – ela me abraçou, se emocionando e também me emocionando um pouco.
Eu: Brigada por não me deixar!
Tay: Imagina, eu deixar a única amiga que me deu apoio durante todos esses anos… Eu tou aqui pra isso, sempre que precisar! – ela me soltou, sorrindo afavelmente – Agora eu preciso ir! Taylor e eu vamos ao shopping! Mas prometo comprar algo pra você, lá!
Eu: Não precisa… hmm… mas aproveita com o meu primo! Divirta-se por mim!
Tay: Eu vou tentar… Am, vai descer?
Eu: É, é melhor mesmo… – nos levantamos da cama e descemos as escadas… e ,quando o Taylor e a Taylor saíram, além da Em e do Dav, só restaram a My e eu na casa…
Miley: Você ta bem, Dedê? – ela falou, me olhando preocupadamente.
Eu: Tou, tou sim…
Miley: Ah, bom! Acho bom! – ela falou, me abraçando e me sentando no sofá, ao seu lado – Mas quer saber como eu tou? Tou péssima! Horrível! Chateadíssima! O gato ta com a bruxa em casa desde o começo do sábado, e agora eles vão sair pra jantar! Tou com muito medo de isso virar algo a mais! O que você acha disso tudo, Dedê? – Nossa, como ela é afobada… após falar tudo desenfreadamente,parou pra respirar, ainda me encarando…
Eu: Miley, relaxa… ele nunca gostou da Selena… e ela não parece o tipo que se interessa por caras como o Nick… bem, se eles virarem amigos… vai ser bom ter mais uma no gru…
Miley: NÃO OUSE TERMINAR ESSA FRASE, DEMETRIA! – ela falou, bufando e me olhando bem fria…
Eu: Ai, porque todo santo deu pra me chamar de Demetria hoje? E calma, meu, é proibido especular hoje em dia?
Miley: Em relação ao Nick e a … ‘coisa’ na mesma opinião, sim! Vamos parando por aqui que já está ficando chato…Cês vão querer jantar o que? Lasanha seria uma boa, neé? – ela falou pra si mesma pondo a mão na barriga…
Eu: Aa, logo quando eu acho que você fechou a boca… Nossa Senhora! – me levantei, no momento em que ela ia pra cozinha… tomara que ela pense melhor sobre a janta… lasanha não faz muito o meu tipo…

Nick on

Estamos ótimos, maravilhosos, felicíssimos! A Selena, depois de algumas semanas e boa familiaridade, até que pode ser uma pessoa incrível! E muito inteligente, também…
Selena: … mas eu ainda acho que… deixa pra lá…
Eu: O que?
Selena: Nada!
Eu: Fala!
Selena: Bem, nosso trabalho de artes ta ótimo… e eu prometi pra mim mesma que seria mais responsável esse bimestre, e você é muito legal, mas… acho que deixar o trabalho num ar mais despojado seria mais profissional, e nos garantiria uma nota melhor!
Eu: Tá!
Selena: Tá?
Eu: É! Você é brilhante! Vamos adotar sua idéia, sim… por que não?Foi muito bem pensado isso de relaxar.
Selena: Ah, muito obrigada! E ninguém nunca me chamou de brilhante, antes… – ela sorriu, timidamente, enquanto eu realçava seu queixo…
Eu: Mas não esqueça de que é! Além de muitas outras coisas…
Selena: É, tipo o que?
Eu: Tipo adorável, esperta, amigável, doce e… linda! – sorrimos fechada e timidamente um para o outro, enquanto ela punha a mão na barriga…
Selena: Comi demais… mas, tava tudo ótimo! Obrigada pelo jantar, Nick!
Eu: Não por isso. Enfim, licença! Vou pagar! – andei em direção ao balcão e saquei a carteira do bolso, mas ainda assim não parava de olhá-la, admirá-la… em pensar que já a julguei mal tantas vezes… a Selena é uma pessoa excelente, e amiga também… – Então, pronta?
Selena: Ah, sim, já vamos, né! Perdão a lerdeza!
Eu: Que isso! – fomos andando, e no caminho do estacionamento, até a entrada do carro, ela sussurrava a canção “What’s My Name?”. A propósito, ela cantava muito bem…
Selena: Hey, Nick… quem é sua cantora preferida? –ela perguntou, me olhando do lado do passageiro.
Eu: Acho que a Shakira!
Selena: ela tem uma voz linda! Eu gosto muito mesmo da Rihanna, sabe?
Eu: Rs, o Taylor também!
Selena: Nós costumávamos ouvir o tempo todo… a Shakira é legal, mas não a considero muito não… – ela falou, normalmente, enquanto eu a olhava novamente… – que foi?
Eu: Nada… admiro a sua sinceridade! – sorri pra ela no quando ela me retribuía, e voltava a cantar no carro… seguida por mim, dessa vez…
Eu/Selena: ♪… What’s My name? What’s My name? …♪ – é, ela estava adquirindo muitos pontos comigo ultimamente, e mais ainda, há alguns segundos atrás…

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Fica por aqui pra poupar vocês de mais cegueira! Enfim, gostaria de dar as Felicitações pra Pam! Um aninho mais velha, hein? Happy Birthday, meu amor! Você é muito querida!
Sabe, quando eu comecei a postar aqui, e comecei a procurar outros blogs bons pra ler, o seu me apareceu feito mágica, começamos a trocar comentários, idéias e inclusive postagens inteiras rs’… isso foi se desenvolvendo, e até hoje agradeço a Deus pela nossa amizade! Embora distante, e às vezes, ausente, ela existe aqui, ó S2!
Eu te amo muito, desculpe se sou amoladora as vezes! Você é extraordinária , sempre! E quero que saiba que você merece mais que um trecho numa postagem horrível, mas o que o retardamento não faz, né?
Enfim, Parabéns superhiperultramegapower (conseguiu ler?) atrasado!

Te adoro!

Tudo de bom!!!

Heey, eu também fiz aniversario, 14 de maio! Foi ótimo! Fizeram-me uma festa surpresa, na minha própria casa! Chamaram uma amiga que eu não via há 2 anos… o Pedro que bolou tudo *-* Mas quem quer saber né? Então tá, galera, desculpa a demora novamente! Nem sei quando eu posto pela próxima vez :S A situação de internet aqui no bairro tá precária das precárias, mês com, mês sem… é fogo!

Divulgando:
http://clairedark.blogspot.com/
http://memoriasesentimentos-rose-b.blogspot.com/
http://whenilookatyous2.blogspot.com/
http://coincidenciasdoamor.blogspot.com/
http://maritamoyo.blogspot.com/
http://ifeyescouldspeaksz.blogspot.com/ (Mari querida eu não sabia qual era o blog que você queria qeue eu divulgasse :\, mas todos são ótimos)

Beeijos!
Fiquem na paz!