segunda-feira, 29 de novembro de 2010

I'm Alive!

Oi gente! E aí? Como vai todo mundo? Ocupado com os preparativos pro Natal?? Já mandaram a cartinha pro Pólo Norte rs?! Bem, eu não vim postar capítulo ou parabenizar ninguém, enfim, vim dizer que, embora a situação no Rio teja apertada, eu tou bem õ/ e o Cabral ainda não chamou o Nascimento, mas dá pra sobreviver!


Muita gente morta, muitos tiros e muita violência desnecessária! Tá horrível aqui! Alguém deve ter visto na televisão, né? Invadiram os shoppings, as escolas fecharam, são tiroteios em todos os bairros, Baixada ou não! Por fim, eu tou pedindo muito a Deus pra que nada aconteça comigo ou com a minha família, ou com todos os meus amigos! Um amigo meu foi recrutado pra ir a Vila Cruzeiro ver se ajuda em alguma coisa, e eu realmente estou receosa… ele só fez a escola naval por um ano : (
Mas eu fico feliz por estar bem, e também que todos que leiam isso também estejam! Agora eu vi algo de ruim em ser carioca, rs… A 3ª guerra mundial tá tão próxima da minha pessoa, que sei lá … : S
Não obstante, muito obrigada quem me apóia! E eu estou simplesmente explicando o fato de eu não ter postado durante o ultimo mês transcorrido! Além da escola com provas super complexas e o acompanhamento no futsal regional, é o que mais tem atrapalhado a minha vida… Mas fé em Deus que isso vai passar!


Beijos e abraços!
Cathie!

Obs: estou com saudades de todo mundo, mandem novidades que me façam felizes e esqueça, pelo menos um pouco, da intricada situação =D

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Parabéns, Dê!

Poxa, amiga, 14 anos! Feliz aniversário! Você tá ficando velha, hein?


Muito obrigada por ser minha amiga, e ler, tudo de chato e entediante que eu escrevo!

Nem sei por onde começar, mas acho que deveria , falando o quão extraordinária você é pra mim… eu te conheci através do meu primo, chato, e logo gostei de você… bem, na época o dialogo era de uma notícia não-muito-boa, mas eu imaginava que conversas melhores viriam, e vieram…

Gostei muito da sua pessoa, e espero não ter te sobressaltado com as conversas sobre o foguete, e outras… Obrigada por existir! Serião! E por achar fofo as coisas mais sem noção que eu falo rs’… você é a melhor pessoa que eu conheço. já te disse isso, né? Mas é a verdade!

Espero que você se divirta bastante, e que Deus abençoe uma garota linda e maravilhosa que nem você! Adoro-te!!!

Feliz aniversário!
Beijos : *
PS: Desculpa a mensagem tar pequenininha e sem graça, tem pessoas(Armando) gritando aqui. Mesmo assim, eu te amo muito!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Congratulations, Primo

Bem, desculpa chegar tarde primo, mas, como é antes de meia-noite, tá valido.




Bom, Armando, Armandinho, Mr. Swift, ou qualquer apelido plausível pra me dirigir a você, irão iniciar meu pequeno monologo pra explicar o quão especial você é pra mim…

Há 9 anos atrás (isso tudo???) eu me lembro muito bem da cegonha chegar lá na família , com um bebezinho estranho, com olhinhos de peixe morto , nariz de batata e boca de criança aguada rsrs’… e, quem diria que pouco depois disso minhas amigas te comparariam ao Taylor Lautner ?! A vida é estranha…



Você cresceu comigo Armando, sempre me acompanhou, não tenho nem palavras pra agradecer o tempo que você passou me ouvindo cantar as baboseiras mais estranhas, ou me dar forças nas festas do pijama aonde nenhuma amiga minha ia… embora eu tenha sido má (extremamente má) com você, e ficado com uma pontinha de ciúmes no começo, eu sabia que de uma época pra cá brotaria uma grande amizade!



Você é amigo de todas as minhas amigas, e, nem de todos os amigos meus, mas pelo menos, me dá forças pra manter todas as amizades, e os conselhos mais fofos ever ☻



Olha, o fundamental a dizer aqui é: Meus parabéns, Primo! Eu te amo, muito!!! E pode crer, conte sempre comigo!

Eu posso te dar bronca quando você fala muito que quer namorar a Taylor Swift e/ou a Rihanna, mas sabe,eu acho isso tudo muito fofo… e torço pra que um dia aconteça rsrs’



Beijos, E que Deus lhe abençoe…

Parabéns pela vida, pela saúde, pelo karatê… enfim, por tudo de glorioso que tem em sua vida… que nunca lhe falte…



Beijos : * (Minha mãe quer que eu desligue o PC).

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Capítulo 12

Voltei!!! Pessoal , postando pouco né??? Rsrsrs.... desculpa não comentar as postagens de todo mundo que eu sigo, é que, eu tou muito atolada e imagino que vocês também devam estar, mas, se tiverem tempo, leiam o capítulo 12:

Joe on

A Demi só pode tar querendo nos matar com esse veneno industrial, só pode...
Demi: E então? O que acharam? – ela falou se apoiando na mesa, e batendo as mãos pra tirar o pó do trigo.
Emily: Uma, delícia! – Ela falou se engasgando naquela gosma comestível. Nossa ela mente maaaaaaallll… a cara forçada de quem gostou se repara de longe...
Demi: Awn, obrigada! – caramba, a Demi nunca repara?! Que incrível isso!
Eu: Ô, Emily! Deixa de ser falsa! – disse, colocando os talheres em cima da mesa e olhando pra caras delas, seguidamente – Isso tá um nojo!É sério, muito nojento. Olha só que coisa pegajosa e horrorosa! Como você tem coragem de dar essa… por falta de palavra melhor “comida”, pras pessoas que você diz amar, Demi??? – ela me olhou chateada e depois olhou pra Emily .
Demi: Mas, a Emily gostou?!
Eu: A Emily é uma falsa! Sabe o que você faz com toda essa gororoba? Dá pra Miley! – nesse mesmo momento, a Miley entra na cozinha pela porta dos fundos com o Taylor... Assustador!
Miley: O que tenho eu?
Eu: Você vai adorar essa comida que a Demi fez! Afinal, você come até chumbinho e não morre! – após isso ela me encarou feio, e terminou de entrar em casa…
Miley: Seu sem graça! E de que comida vocês tão falando? – ela disse, indo a direção ao fogão, e levantando tampa por tampa de todas as panelas.
Demi: É dessa torta, aqui que ele está falando!! – ela abriu o pote cuja torta estava dentro, e a cara de enjôo da Emily, foi a melhor.
Taylor: Credo, prima! Quantos animais você matou pra fazer essa… torta? – eu comecei a rir quando o Taylor terminou a frase, e fui metralhado visualmente pela Demi… e logo após a cena, a Miley já metia um colherão dentro do pote e levava , cheio de torta, a boca.
Miley: Não chei do que voxes tão falando, tá uma delixia a tiota! – ela falou, cuspindo migalha em todo mundo.
Demi: Obrigada! Só a Miley sabe dar valor ao que eu faço! – a Demi disse, abraçando a Miley com apenas um braço e voltando a olhar pra nós.
Eu: Mas é sério Dê, isso é mortal! – ela me olhou enfurecida novamente – O seu primo também concorda! – falei apontando para o Taylor, enquanto ele olhava pra ela inocentemente.
Demi: Vocês são tudo da mesma espécie!
Miley: Pelo menos eu, sou diferente! – ela colocou o pote de gosma em cima da mesa, e abraçou a Demi – tava muito boa!
Taylor: E depois eu que sou o maluco! – ele disse disparando risada tumultanea na cozinha.
Emily : Mas que a Miley é meio doida todo mundo sabe!
Miley: Uau, voces tiraram o dia pra falar mau de mim, hein? – ela saiu meio chateada em direção a sala, enquanto a Emily levantava da mesa.
Demi: Vai aonde?
Emily: Visitar uma amiga!
Taylor: Rs, falou igual o Joe dando uma desculpa pra Demi! – ele “tossiu” enquanto eu o encarava –… digo, desculpa por ter usado a palavra desculpa am, eu queria dizer, ah, cê sabe am… eu não sei o que eu queria dizer! – ele me olhou sem saída, avistou a Taylor saindo da sala e desviou o olhar de mim novamente –… Tay! – ele foi correndo, surpreendentemente na direção dela, e deixou na cozinha somente eu e a Demi.
Demi: Então, vai querer provar a sobremesa? – ela me olhou sorrindo enquanto eu a retribuía repulsado.

Taylor on

Ai, quase que eu dou mole agora, e na frente da minha prima, fala sério… e o Joe é tão anacrônico, sem falar naquele cheiro de comida fedorenta que predominava na cozinha! Bem, a Taylor tá assustada até agora por eu ter a gritado daquela maneira…
Tay: Você, tem certeza que tá bem? – ela falou me olhando assustada.
Eu: Tenho tenho am… eu só fiquei feliz por te ver! – disse sorrindo pra ela enquanto viajava total… a Taylor é realmente muito legal, embora o nosso “encontro” tenha saído um fiasco, ainda fala comigo… lógico que a Miley sempre atrapalha, mas, acho que não faz diferença, já que a Taylor não gosta de mim mesmo… sempre desvia quando o assunto é namoro, e eu nem sei o por que… ah, a Miley chegou…
Miley: Ahh, vocês tão aí! Quem quer ir ao cinema?? – ela chegou com uma roupa totalmente diferente, e um saco de balas na mão… se eu fosse a Miley não comeria tanto assim…
Tay: De onde surgiu essa idéia?
Miley: Do Nick!
Eu: Ele te chamou pra sair?
Miley: Mais ou menos isso… – ela disse contorcendo o pé quase caindo… – O que eu quero saber é se vocês vão ou não com a gente! E então?!
Eu: por mim… – ergui os ombros enquanto a Miley sorria abertamente.
Miley: Lê…
Tay: Ai, nem fala esse apelido horroroso!Tou indo trocar de roupa! – ela subiu as escadas enquanto eu e a Miley sentávamos na mesma.
Miley: Então, Romeuzinho? Deu a acometida??? – ela falou me cutucando, enquanto eu a encarava meio fechado – …ah qual é?? A Leãozinho ainda não te deu trela? Isso é tão estranho, quando vocês não eram amigos ela gostava tanto de você!
Eu: Ela disse que tem medo! – falei olhando pro vazio e fechando a cara novamente.
Miley: Ah meu, medo do que? Diga-me?
Eu: Também não sei! E é isso que mais me intriga!
Miley: Bem, eu já falei pra ela que vocês bem que poderiam, mas não tão e… – ela ia continuar a falar, mas a Taylor veio descendo as escadas… nossa, ela foi rápida! E tá muito bem…
Tay: Vamos? – ela falou enquanto eu e a Miley levantávamos lerdamente da escada e, como de costume, a Miley batia nas pernas pra se limpar…
Miley: Ah, nós vamos ver o Nick gatão que saudade dele! – ela falou super rápido, batendo palmas e saindo de casa, enquanto eu e a Taylor íamos atrás.
Eu: Você está linda!
Tay: Obrigada! – ela sussurrou sem graça, enquanto saiamos de casa.…

Nick on

A Miley parecia tão empolgada na ligação… mas espero que ela não venha sozinha… senão fico completamente sem graça… desci do carro e entrei no cine… fiquei bem na entrada esperando o pessoal… quando ela aparece coincidentemente esbarrando em mim…
XxX: Nick!
Eu: Oi… Selena! O que veio fazer aqui??
Selena: Assistir aquele filme maneiro cujo trailer passar a cada 2 minutos na televisão, sabe?
Eu: Claro! Aliás, eu também vim assistir! – sorri pra ela enquanto ela se recompunha , retribuindo a expressão – …veio sozinha?
Selena: Não am,a Emily veio junto! Ela está comprando as entradas, e você?
Eu: Am, chamei a Miley e alguns amigos nossos pra , rs, não ficar sozinho! – e, quando ia continuar a falar a Emily aparece de um lado com dois tickets e um copão de pipoca, e do outro lado, perto a porta, estavam vindo a Miley, o Taylor e a Taylor entrando e ela, como sempre espalhafatosa, acenando e esbarrando nos outros cidadãos… coitados…
Emily: Ah Deus, fala sério? A Miley tá aqui?
Selena: Pelo que parece…
Eu: Eu a convidei, vocês podem assistir a próxima sessão com a gente!
Selena: Eu iria ad… – a Miley e os Taylor se aproximaram mais, bem perto de nós, e já se chegaram se habituando… o Taylor e a Taylor, claro.
Miley: Aê periferia, se misturando com a humanidade? – ela disse colocando o braço sobre o ombro da Selena, e fazendo a garota engolir seco.
Taylor: Boa tarde! – ele e a Taylor acenaram pra todos, enquanto a Selena se retirava, calmamente, do circulo.
Selena: Eu vou ter que recusar o maravilhoso convite, Nick! Mas, obrigada! – ela saiu, tapando o rosto, enquanto a Emily a seguia resmungando.
Tay: Miley, por que você agiu dessa maneira? O Nick estava conversando com ela! – que gentil a Taylor, falou dando um cutucão na Miley, enquanto ela olhava pra Tay e gesticulava debochando.
Eu: Bem, já comprei as entradas de vocês! Mas falta dizer, adorei o casaco Taylor! E, Miley, você está linda! – ela me olhou ofegando e logo corou… minha parte educada nunca tira férias…
  Taylor: Bem, vamos entrando??
Miley: Aiii tantos anos que eu não venho no cinema que emoção!!! – eu adoro tanto essa Miley animada… ela foi logo à nossa frente, puxando a Taylor pela mão e deixando eu e o Taylor pra trás…
Eu: Vem cá, o que aconteceu com a Miley e a Emily??
Taylor: Longa história! Mas eu vou adiantando pra parte que a Emily resolveu dar um gelo na Miley porque ela não gosta de ver a Memi e o Dav namorando!
Eu: Ouch!
Taylor: Eu sei! – nós entramos na sala, a Miley tava acenando super grande pra gente vê-las, só falta fazer um cartaz… eu sentei do lado do Taylor, e ele do lado da Taylor… e então o filme começou… tava até tentando me concentrar, no entanto ele tentava desenrolar ela e a situação só piorava, e não dava pra ouvir mais nada naquela sala…

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Desculpa gente! Tá horrivel, mas também, eu fiquei super desinspirada (nem sei se essa palavra existe) pra fazer o capítulo! E quanto a idéia do outro blog, já tá sendo "resolvida" , muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito obrigada a quem apoiou a idéia! e, por favor,comentem!!! Eu adoro quando vocês comentam, meu ♥ se enche de alegria,caso contrário eu até choro... eu sei que eu nem mereço mas, por favor! Beijos!