quarta-feira, 30 de junho de 2010

Capítulo 6

Oi oi gentem! Voltei!!! :-D E com o meu primo Armandinho! É, noffa, desculpa, não deu tempo nem pra postar e nem comentar, mas foi sem querer mesmo… enfim, o importante é que hoji eu vou poder postar õ/ ii comentar õ/ pelo menos que me comentou, começando pela última notícia:

New Histories ≈ Oih, acho que pelo decorrer da semana já deu pra perceber que eu o Armando somos primos sim ! E ele fala muito bem de você! São amigos??? Obrigada pelo apoio, e a gente até achou engraçado o fato de ninguém nem fazer idéia que ele só tinha 8! Obrigada pela dica, foi realmente emocionante o seu comentário, muito obrigada! Xoxoxo…

Daniel ≈ Uau! Dan fortão com palavras tão fofas? Incrível rs… Mudou de photo? Essa tá ótima! E obrigada, o Armandinho também agradece! Bisous!

Paulinha ≈ Muito obrigada o acalento! A gente também não ficaria tão bem, sem pensar nos amigos e seguidores! Valew! Beijos!

Alyce ≈ OMG! Valeu o apoio, e apesar do Dan quase nunca tar certo, ele tá sendo um ótimo amigo ! E pode ficar tranqüila, o nosso conhecimento não é real, é virtual ,mas é muito legal! E leal {Tudo rimando rs} Valeu o elogio! E olha, a gente nem tem tanta sorte por conhecer o Daniel pessoalmente, ele é chaaaaaaaaato (e só pra constar, ninguém merece ouvir ele cantando Can’t be Tamed!) Obrigada por esperar! Beijos!

E aí, eu nem ia responder esses, mas aí como o Daniel disse, apostile seus comentários, entaum:

Armando ≈ Mew, acho que nem preciso responder este rs, esse kra tá bem do meu lado rs’ anyway, beijos primo!

Dêeh . ≈ Thank’s! : D Beijos!

Tay Tay ≈ Muito obrigada mew! Rsrs, wow! Que fofura! Obrigada! Obrigada novamente, e eu acho que a fic. Ainda tá looooonge de ser perfeita! De qualquer forma, obrigada pela torcida amor… apesar de não ter adiantado muito! Beijos, ou melhor, Bisous!
Alyce ≈ Obrigada novamente! Rs, até ri com a sua comparação… e olha, se Taylor Squared tá enrolando pacas na estória, então ela tá virando verídica neah? Ah, e por sinistro, você quer dizer o que??? Bjo, bjo! Até +!

Daniel ≈ É amigo, você realmente mudou a photo! Agora deu pra perceber! Ah, e a Tay é hot é? Parece que tá querendo arranjar briga com o Armandinho rsrs! Thank’u! E quer saber, tou nem aí pra Jemi mais! Vou viver a minha vida, porque isso é que importa! Mesmo assim, obrigada : ) Beijos!

Anônimo ≈ Own brigada! E gracinha, detesto desapontar mas eu não gosto de Nelena naum… sorry! Beijos! Volte sempre!

Duncan ≈ Cara, finalmente alguém cabeça aberta o bastante pra ver isso!!! Muuuuito obrigada o elogio, compensou meeeeeeesmo! Beijos!

Ana ≈ Obrigadinha rs! Beijos! Volte sempre!Pleasee

Sérgio ≈ Q.q.q. é isso vey? Muitíssimo obrigada, um abração aew! E eu adorei a critica, ou melhor, o coment’… ou melhor, Nilembranças! Tchau!

Anônimo [2] ≈ Brigada! Em qual parte você riu? Ah, e você é brasileiro (a)? Porque caso seja, nem parece rsrs… tem blog? Beijos!!!

Anônimo [3] ≈ Vlw, vlw! Beijos!!!

Paulinha ≈ Wow thank ‘you so much! Obrigada o carinho rs! E wow, quantas perguntas!!! Em 1º , é , eu sou do Brasil, RJ! E você? Ah, tenho : cathiebianchi@hotmail.com add lá okay? Obrigada!!! Beijos, bye!!!

New histories ≈ Obrigadaa!! Valeu por seguir também, e obrigada por gostar da fic.!Beijos!!!

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*
Ai amigos, obrigada por comentarem, e eu sei que minhas apostilas não são as melhores, mas eu prometo pegar o ritmoo okay?? Bem, agora, sem mais contemporizações, o tópico 6:

Emily on

Uau, essa escola é realmente ... nossa, nem consigo me expressar, e doido pra um lado, cantante pro outro , apaixonados pro outro... e eu freqüentando o zôo rsrs, acho que já é hora de trocar de turma né? Ou será que não?
Demi: Vem Emily, agora temos álgebra III! – ela disse isso me puxando pela mão e se dirigindo a outra sala... rsrs, sabe, eu realmente gosto da Demi, não pelo fato de sempre termos sido tão amigas, muito pelo contrário, talvez isso só aumente mais a minha admiração por ela, mas também o fato de sempre ser tão doce e delicada, a Demi encanta a todos ... pelo menos às vezes... – sai da frente animal! Você não viu que eu tou atrasada não , mané! – ... ela com certeza é singular no mundo! Hey, olha ali minha prima!
Miley: oi garotas! – ela falou sorridente e abertamente pra gente.
Demi: oi!
Eu: olá!
Miley: Álgebra III agora também? –nós afirmamos com a cabeça – ninguém merece! Somos três! – ela pos as mãos nas nossas costas e adentrou na sala, sentando e batendo atrás pra eu sentar, no quando a Demi já estava bem longe – senta aí! – eu sentei e ela continuou me encarando afavelmente.
Eu: qual o motivo de tanta alegria hein?
Miley: Nada!
Eu: okay! – vou fingir que acredito! – e por que a Demi saiu de perto de nós?
Miley: É porque, todas as aulas de álgebra, ela tem que sentar lá atrás!
Eu: por que tem?
Miley: Não que ela “tenha”! Mas é que sempre ela senta lá, vários anos então... acho que já acostumou! Lá atrás é o campo dos nerds!
Eu: Ah... – OMG! E eu achando que essa escola não dividia por grupos! Pelo visto me enganei... – ...am, e aqui no meio, com todos nos vendo e , essa, guerra de bolinhas de papel? – que horror!
Miley: bem, aqui é o canto dos mais destacados!
Eu: Então a Demi era pra tar aqui! Não era?
Miley: Não é bem assim, anjo! – hã? – a Demi pode ser muito notória e popular, mas diferente de certas pessoas, ela leva o estudo a sério!
Eu: Que “certas pessoas” você está falando?
Miley: Pessoas como o próprio primo dela! Ou então o namorado! E muito mais a Sebenta! – a professora entrou na sala com a Taylor e o David atrás – tá vendo? É isso que dá falar em vacas... – ela ia se regressando pra mesa quando se voltou pra mim – ...e eu não me referi ao David! Nem a Tay! – ela falou crapulamente me encarando... deu até medinho! Ok, hora de voltar ao planeta... hey, e a Tay vai sentar na minha frente!
Eu: oi Taylor!
Tay: oi! – ela falou de uma forma bem tímida, já se sentando na carteira e abrindo os livros delicadamente... hi hi, ela é tão suave que até espanta! Mas não literalmente! Por favor, ela é uma ótima amiga e... Eita, me perdi nos pensamentos, a professora tá falando alguma coisa aí...
Professora: Se n é um número positivo ou nulo, é lógico que a raiz quadrada de n vai ser um numero positivo ou nulo, mas quanto ela será elevada ao quadrado? – nossa, só muito doido pra saber responder essa... falei muito cedo, a Demi sabe... e pelo jeito é a única – ... pois não?
Demi: A resposta é n! Positivo! – ela disse com um grande sorriso na fisionomia quando a professora assentia com a cabeça.
Professora: Vocês deviam se espelhar mais na Lovato! – ela disse saindo do meio da sala com um bloco de anotações e voltando ao sentar-se na mesa principal.
Miley: Chaaaaaaaaaaaaata! – ela soou baixinho entediadamente sem a professora perceber, e se voltou pra trás – nossa, essa mulher é tão azucrinante quanto a Kelly Klarkson!
Eu: Own... eu gosto da Kelly Klarkson!
Tay: eu também! Mas não esquenta... a Miley é doida!
Miley: O que? Mas doida, eu? Se são vocês que gostam da Kelly Klarkson!
Tay: e daí? Desde que eu me entendo por gente ela canta pacas!
Miley: É, ela canta tão bem quanto eu gosto de estudar! – eu olhei confusa pra cara dela no quando ela me respondia – Nada! – ai, isso foi sem graça... depois de 16 anos, descobri um mote adverso com a minha prima... e isso não é nada legal, acho que deu pra Taylor reparar a minha tristeza, depois de um bate-boca enorme com a My, ela se virou pra mim com olhar de clemência...
Tay: ah querida, liga não, Miley é... sem gosto! – ela disse abanando a mão na direção da Miley, que por sua vez já tava fula com a Taylor.
Miley: há há há, há há há – ela começou a rir freneticamente – eu sem gosto... é claro! – ela disse totalmente abundada de ar e gargalhando – FALOU A MENINA QUE GOSTA DO PRIMO DA DEMI! – eita, essa foi baixa... todos da sala ficaram olhando pra Miley, inclusive a Demi, o Taylor e a Selena... pobre da Taylor.
David: Que primo? O Romeuzinho? – ah não, lá vem o David com esses apelidos idiotas dele de novo... que coisa mais pueril – ... eu acho o Romeuzinho tão repelente, era mais quando ela gostava do Joe! – ih, ele veio buscar essa lá do baú...
Demi: Ah não David, cala a boca senão eu mesma calo!
Miley: Que foi gente, não estou afrontar a ninguém dessa sala! Menos a uma garota que não tem gosto e é a fim de um cara que não sabe escrever o alfabeto! – ui, coitadinha da Taylor! A Miley tá afiadinha hoje hein...
Taylor: Cala a boca tá, eu sei o alfabeto sim! – ele disse cheio de garra – pelo menos até o H... –ele disse falando confuso as letras do alfabeto enquanto a Demi fazia sinal de desgosto com a cabeça, Oh meu Deus…
Tay: E quem disse que é de você que eu gosto?
Demi: Bem, apesar de burro pro reza, ele é o meu primo mais gato e você mesma falou que ele era...
Tay: Cala a boca Demi! – ela disse, melhor dizendo berrou enquanto o bate-boca recomeçava, com os gritos mais altos sendo os da Miley e da Taylor, depois de mais um pouco de guerra...e agora... hum, ainda não acabou ... e finalmente, todos eles pararam de falar, ou então fui eu quem perdeu a audição de vez...
Eu: Acabaram gente? – eu disse voltada pra trás olhando pra Miley.
Miley: Já! – ele se voltou pra caderno e começou a fazer o dever, sem me dar muita importância...
Eu: Tá tudo bem? – falei olhando confusa para a Taylor.
Tay: Tá... brigar é uma coisa tão... infantil! – ela respondeu também sem me dar prudência, e mexendo nas paginas do livro lentamente... e, no quando eu ia voltando meu rosto pro lugar, olhei mais uma vez...
Eu: Vocês estão de bem?
Miley: estamos! – ela falou apertando as bochechas da Tay, que riu um pouco antes de voltar a me olhar... – viu?
Eu: Claro... – eu disse lentamente bem abstrusa concordando com a cabeça… Jesus, pelo jeito eu vim parar no manicômio...

Miley on

Minha nossa, hoje eu passei dos limites com a Taylor! Tem que ser muito santa pra me perdoar mesmo… mas a minha prima é : P Graças a tudo que é bom , já passou, passado é passado e aquela aula já acabou... e eu não vou precisar ver a bruxa mais õ/... pelo menos até o resto da semana.… Well, acho que a Demi já fez o lanche… se não tiver feito eu vou comer mesmo ,então, não faz diferença... e eu vou me dirigindo a geladeira pra comer um gelado... ou melhor ,eu ia...
Eu: Qual é Demi? Sai da frente da geladeira!
Demi: Eu não! Miley, vê se para um pouquinho com esse seu… verme comilão aí! – ele falou com desdenho pra mim.
Eu: Nhé, verme comilão... não sou o teu primo!
Demi: Miley, cala a boca! Hoje você já passou dos limites! E acho que aquela da sala de aula ninguém nunca mais vai esquecer!
Eu: ah, que isso... não dou 2 dias pra todo mundo já estar falando de outra besteira como... o apelido do Taylor: Romeuzinho... rsrsrs! – é, não eu certo, ela continuou me encarando... – ah tá beleza! Eu vou parar de comer um pouco! – ela sorriu pra mim – mas olha, se você me vir desmaiada no chão, já sabe o motivo! – eu falei pra ela, me dirigindo a sala e sentando no sofá agarrando uma revista ao lado no quando a Emily veio toda atrapalhada cheia de peças na mão.
Eu: ou ou ou, vai com calma aí Marilyn Monroe, pra que tanta roupa?
Emily: ah, isso aqui? Não é nada... – ela falou afastando os trajes da minha visão...
Eu: sei... finge que fala a verdade que eu finjo que acredito!
Emily: ah... tá bem, olha, o David me chamou pra sair e, acho que não tem nada de mais eu escolher uma roupa legal pra ir! – nossa, nunca ia imaginar que a Emily gostasse do David... que maluca!
Eu: Então… já que eu sou a sua prima preferida… aceito te ajudar!
Emily: mas eu não pedi sua ajuda!
Eu: Own, não seja modesta... pode deixar que eu vá ajudar! – eu me dirigi às roupas que ela segurava enquanto ela ficava me olhando confusa – o que temos aqui? – eu falei olhando pra uma roupa, que era tipo, :O – Hei Em, vai experimentar essa roupa!
Emily: Tem certeza, me parece tão... – enquanto ela falava, eu a empurrava para o closet, onde ela poderia trocar a roupa – …Miley!
Eu: Quer foi paixão? Você não quer que eu te veja trocando de roupa né? – eu disse voltando a sentar no sofá – nem eu mesma quero! – e novamente, quando eu tava pronta pra ler a revista, a Taylor desce as escadas chamando a Demi pelo nome ... que redundância... enfim, ao me ver na sala ela logo me encarou e voltou a procurar a Demi… – copa!
Tay: obrigada! – ela falou super seca para mim e entrou na copa… será que ela ainda tá grilada pelo que aconteceu de manhã? Não, não... ela já está acostumada com a minha ilustre pessoa… deixa-me parar de pensar e olhar a …
Eu: EMILY! – disse assim que a vi toda linda na minha frente – uau , você tá muito... tou sem palavras, só podia ser prima minha mesmo! – ela riu encabulada, enquanto a Taylor e a Demi entravam na sala também admiradas, com a Emily creio eu...
Demi: OMG...
Tay: O que é isso?
Eu: a Emily! Gostaram?
Tay: Tá brincando?
Demi: ela tá uma gata!
Emily : Valeu gente! – ela falou sentando no tamborete olhando pra nós – sabe, quando a Miley disse pra eu usar essa roupa, não levei muita fé mas, em compensação, agora tou me sentindo muito melhor com todas as opiniões aqui!
Eu: obrigada pela parte que me toca prima! E de nada! – eu falei sarcasticamente fazendo sinais com as mãos pra ela, no instante em que a campainha tocou.
Demi: Eu atendo! Deve ser o Joe! – ela falou toda empolgada em direção a porta – oi David... – ela disse com a feição totalmente mudada, e uma cara de jururu dolorido... – Emily é pra você! – ela voltou bufando e sentando do meu lado… foi até engraçado… A Lily levantou alegre, enquanto a Taylor acenava desejando sorte, e saiu de casa com o David, que foi a elogiando da entrada até a saída... puxa, eles são tão bonitinhos juntos! – meninas, eu vou pra cozinha fazer o lanche –...acho que ela notou minha expressão animada, pois logo ficou séria… – e que a propósito, não é pra você comer Miley!
Eu: Droga! Querem controlar até o que eu como!
Tay: E se desse, o que você fala também não ia ser má idéia!
Eu: Poxa prima, ainda tá chateada com aquilo que eu disse? Saiu sem querer e, além disso, todo mundo sabe que eu sou assim!
Tay: Não é com você que eu tou chateada, é com o pessoal da escola! – ela me olhou triste – poxa, pra tudo eu sou motivo de zoação, e, agora , a turma ganhou mais um pretexto pra rir de mim! E é um mico atrás do outro!
Eu: ah qual é gata, não desanima não! Já passei por coisas muito mais constrangedoras do que essa e tou aqui ó! – ela gargalhou um pouco, e voltou a me olhar… e só agora eu percebi que fui muito pueril meu… com a minha prima… ela não merecia…
Tay: Hm, dá licença! – ela se apoiou no braço do sofá e levantou… foi algo que eu falei?
Eu: o que eu fiz agora?
Tay: Nada! Só que, eu vou ter que dar aquelas aulas de espanhol pro Taylor!
Eu: Ui, ui! Olha lá em, não vá atravessar a ponte, muito rápido!
Tay: Deixa de ser boba garota! – ela disse isso voltando o olhar pra frente e subindo as escadas, no momento em que a Demi entrava na sala com um prato de doces na mão!
Eu: Minha melhor amiga! Vem cá chuchu! – eu estendi os braços pra ela, numa tentativa de pegar o prato, quando ela , de alguma forma, o afastou de mim... – ah qual é? Isso é brigadeiro, vai regular também?
Demi: Claro que vou! O brigadeiro não é pra você, é para o Joe!
Eu: Então quer dizer que o seu namorado pode comer bem, mas a sua irmã não?
Demi: Fica quieta, você come muito bem sim tá?
Eu: Então, já que não vai deixar eu comer, por que trouxe o doce pra cá?
Demi: Não te interessa! E, vem cá, cadê a Taylor? – ela falou rodando o olhar pela sala enquanto a
Tay já descia as escadas rapidamente e eu a Demi a encarávamos, mas de uma forma muito diferente – Uau Tay! Vai a onde?
Tay: Na casa do Taylor! – a Demi me olhou confusa, e ao mesmo tempo feliz.
Eu: É pra aquele lance do rala e rola!
Demi: ahhhh...
Tay: Cala a boca! Não é nada disso! Eu só vou ajudar ele com o espanhol!
Demi: Boa sorte! – ele ironizou a frase – meu primo é tão esperto quanto um biscoito recheado! – hum… biscoito recheado… que delicia! Qual seria o sabor do Taylor se ele fosse um biscoito? … acho que nem me interessa… sou muito mais o Nick!… Nossa, esse lance de biscoito deu até fome… acho que vou a cozinha comer algo…
Tay: Ah, antes de eu ir, como é que eu tou?
– não é por ser minha prima não mas, a Taylor é muito linda… tá, talvez seja por ser minha prima mesmo!
Demi: Tá linda!
Eu: É, cuidado com os cadernos! – ela e a Demi me olharam confusas – ué, quando o Taylor a ver vai ficar babando, e a matéria dela pode ir toda pro beleléu! – as meninas riram ,com a Taylor já saindo de casa, e a Demi acenando… – ai , ai, eles crescem tão rápido! – eu falei olhando a Taylor sair pela frente e apoiando minha cabeça no ombro da Demi, quando ela me enxotou de uma forma muito grosseira – Hey!
Demi: Ai, quer saber de uma coisa? Não tou nem aí pra você! Eu vou tomar um banho e por uma roupa limpa mesmo porque daqui a pouco o Joe vem aqui! – ela vai subir… u hul õ/ Vai dar pra eu dar uma passadinha na cozinha… ela já ia subindo quando me olhou levantando do sofá – fique longe da cozinha! – foram as ultimas palavras ameaçadoras dela junto com aquele olhar de morte que me fizeram me afastar de vez da kitchen… pelo menos por alguns instantes … ninguém merece!

Demi on

Cara fala sério, a Miley come muito! Ela tem que ir pro medico, isso não é normal, não mesmo! Daqui a pouco dá um problema ou outro, e nem sabe o motivo… bom, o importante é que ela está se controlando, e tá tudo muito bem aqui em casa… tomara que dê tudo certo com a Emily e o David, e tomara também que o meu primo abra mais um pouco a cabeça hoje, senão a Taylor vai sofrer, e como vai… enfim, melhor me arrumar logo, o Joe vem aqui e eu não quero estar feia quando ele chegar, que vai ser daqui a pouco…

é, acho que essa roupa nem vai estar tão mal… e melhor ir descendo logo, a Miley já deve ter dado fim na dispensa… do mês que vem! Eu ia descendo toda a escadaria, quando a vi paradinha, com o controle na mão, assistindo desenho animado e rindo feito uma criança… que fofurinha! Mas algo não me cheira bem, não mesmo…
Eu: Miley?
Miley: ah, oi Dedê! – ela disse sorrindo calmamente – tá bonita!
Eu: Obrigada! – eu falei olhando pro meu corpo e depois, em volta da sala… deve haver alguma lata de refrigerante amassada escondida debaixo da poltrona… – você tá bem?
Miley: Claro, por que não estaria? – okay, isso é estranho… mas é muito bom! Dá vontade de sair pulando por aí. Finalmente, depois de anos, a Miley sendo extremamente mal educada e comilona, virou um anjo do Céu , um anjo que assiste musicais infantis e zomba da roupa dos flips… parece um sonho… bem, eu vou pra cozinha ver se a costela já está assada…
Miley: ah Dems! – eu voltei o percurso e olhei pra ela esperando sua fala – aquele flan de morango estava uma delicia! Muito bom mesmo! – o que?
Eu: Cumequié?
Miley: ah, sem falar nos tira-gostos! O camarão também não estava de se jogar fora! – Hã? Ela comeu os camarões também? Essa FDP me paga!
Eu: Miley!
Miley: Pois não?
Eu: Não me diz que você comeu o nosso jantar!
Miley: Lógico que não! – eu respirei aliviada, e ela já vinha retrucando – ainda deixei metade dele pra você! Acho que até sobra!
Eu: OMG! – eu me joguei no sofá me lamentando – aquele jantar era pra todos nós!
Miley: que todos?
Eu: eu , você, o Joe, e o Nick! – eu falei desanimada enquanto ela pulava do sofá saindo em disparate .
Miley: Meu Deus, o Nick vem aqui?
Eu: Hum-hum!
Miley: Pra quando?
Eu: Hoje! Ele vem pro nosso... – eu ia terminando a frase sem a dar muita confiança quando ela subia as escadas correndo, ou melhor voando – ... jantar! Miley? – opa… a campainha! São eles! Eu me levantei e abri a porta, quando vi o Joe e o Nick distraídos olhando pra baixo, e quando me viram logo se manifestaram – boa noite!
Joe: Boa noite princesa! – ele sorriu e logo me beijou, é tão fofo...
Nick: Boa noite, Demetria!
Eu: Já disse que pode ser Demi! E boa noite cunhado! – eu disse o abraçando, quando ele me beijava na bochecha… – podem entrar! A casa também é de vocês!
Joe: Não sei não, não quero ouvir isso quando as contas mensais chegarem! – ownt, ele é tão cuti-cuti, e engraçado… eu dei mais um beijinho nele enquanto me dirigia a cozinha.
Nick: Hei Demet… Demi! – rs, ele quase ia falando o nome.
Eu: Oi!
Nick: Cadê a Miley?
Eu: Ah, a boquinha nervosa! – não sei porque, ele me encarou com abstração – ela tá … – a Miley desceu a escada rápida e alegremente – tá bem aqui!
Miley: Boa noite gente! – ela falou soando a todos no entanto seu olhar só visava o Nick – boa noite Nick! – é , como eu falei… enfim, eles se abraçaram, ela beijou a face dele e todos se dirigiram à sala de jantar pra comer o jantar que a Moranguinho detonou :@ Droga!!!

Nick on

Puxa vida, como a Miley está linda hoje, melhor dizendo, ela sempre é linda, mas acho que com o passar dos tempos ela cresceu bastante … e o modo de vestir também, não é tão igual ao dos velhos tempos…
Miley: Digam aí, gostaram da minha roupa?

Demi: Claro que sim, a única coisa que não combina com você é o apetite! – ela falou com muita raiva deixando a sala de estar pra longe…
Joe: Eu, vou atrás dela! – ele disse frenético também deixando a sala – mas a roupa tá ótima My! Você é 10! – ele saiu correndo e a Miley chegou mais perto.
Miley: O pessoal é tão legal! E você, o que achou de mim hoje Nick? – ai, lá vou eu…
Eu: Ué, acho que o que tinha pra ser dito já foi então, só complemento dizendo, vamos pra copa! – eu falei pondo a mão em sua cintura e um sorriso em seu rosto se dirigindo a sala de jantar e, deflagrando todos os pratos… realmente, a Miley tem um apetite que é … singular! A única que não parou de comer até agora foi ela…
Joe: Então, cadê a Taylor e a Emily?
Demi: saíram! A Emily foi passear com o David e a Taylor foi ensinar castelhano pro meu primo! – após dizer isso, a Miley riu um pouco cobrindo a boca e o Joe impeliu a fala com a bebida – que foi?
Joe: Desculpa dizer isso amor, mas o seu primo, sabe espanhol tão bem quanto a minha camisa! – tsc tsc, o Joe é um gozador, mas fazer o que… o Taylor é burro feito uma porta mesmo… às vezes até mais do que a namorada!
Miley: Dá licencinha gente, só um momento! – ela se levantou da mesa olhando pro relógio e subiu correndo as escadas, e de lá de cima deu pra ouvir uma porta chocando.
Eu: pra onde ela foi? – a Demi e o Joe me olharam confusos, e riram baixinho.
Demi: Nick ,me admiro uma pessoa tão inteligente feito você não saber… – Ela olhou desiludida pra baixo –… não faz nem uma idéia ?
Eu: Bem,uma idéia eu faço, mas não sei se é realmente isso!
Joe: É isso sim! E você tem que aprender a cuidar um pouquinho mais da sua vida mano!
Eu : Tá legal! Só perguntei… – eu voltei a olhar pra escada, esperançoso da única pessoa legal nessa casa descer…
Demi: Hey, vamos pra sala! A janta já acabou e, a Miley vai demorar bastante!
Eu: Como sabe?
Demi: Toda noite ela vai ao banheiro e fica lá por hoooooooras! – ela falou revirando o olhar e se levantando a mesa, junto com o meu irmão e bom, pra não ficar sozinho… eu fui junto a eles, pra sala, ouvir um assunto muito, muito, muito, mas muito mesmo idiota! Tava me dando repulsa… – e lembra da gente aos nove anos na 4ª serie?
Joe: Lembro! Competimos os dois pra sermos representantes de classe!
Demi: Pois é… mas quem acabou ganhando foi…
Joe: … foi o Nick! Nossa, ele era muito chavão no 5° ano!
Demi: Só é! Com aquele co… – eu já não agüentava mais a conversa, quando os encarei do outro sofá.
Eu: Demi, com todo o respeito, será que eu não poderia ir até lá em cima ver a Miley não? – ela parou o que estava falando e me encarou muito circunspeta.
Demi: Olha Nick, você sabe que eu já disse trocentas vezes pra ficar a vontade aqui, no entanto a Miley estar lá em cima fazendo sabe-se o quê já não sou eu quem decide! Vai lá se quiser! – ela disse dando de ombros e voltando a conversar com o Joe , enquanto eu subia as escadas rapidamente pra ver a Miley, ou tentar vê-la… Será que já dormiu? Bom, eu só sei que ao chegar lá em cima, deu pra ver um quarto com a porta encostada e a luz acesa, se me recordo era o da Miley… nossa, ao me aproximar mais deu pra ouvir uns ruídos estranhos, parecia barulho de vômito , e o sonido da Miley meio magoado … eu não agüentava mais de curiosidade até que entrei no quanto e, como estava vazio me dirigi ao banheiro, e, ao chegar lá, a visão menos inesperada foi a tida por mim…

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

Taí gente! Espero que gostem, porque sinceramente, pra mim tá ridículo! Nada me inspirou nesse capítulo… ah, a não ser é claro, vocês! Beijos! Comentem bastante!!!

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Notícia :'(

Fala galera, aqui é a Cathie como todo mundo já reparou, e eu vim dar uma notícia nada nada nada boa... uma tia minha e do Armandinho ... não está mais entre nós e, estamos sofrendo com isso...

Então, nem ele nem eu estamos com ânimo pra postar, e eu queria pedir um pouco da vossa paciência, e até um tanto que vocês ponderem, poxa, ... se pra mim com a minha idade é dificil, eu imagino pra ele... aos 8 anos...

Tamos realmente tristes... acontece que a nossa família é muito apegada... por favor, eu não falo só por mm, todavia pelo meu priminho... se ele não está comentando ou postando, é por esse desânimo ... mais uma vez me desculpem, e por favor, a espera do vosso entendimento!

                                                                                                               Bisous, Cathie!

terça-feira, 1 de junho de 2010

Capítulo 5

Bonjour beau! HêHê, tá tudo bem? (eu sei que não, Jemi acabou)! Vamos torcer pro melhor pra ambos agora, né? (yn)  Enfim, o capítulo:

Miley on

Eu: Minha nossa! Por que já deu 15: 00?
Demi: eu não sei! Já pensou na possibilidade de o tempo não parar? Fora que as perguntas que a Emily fazia ao Taylor levavam meia hora pra ser respondida, quando era meia hora né...
Eu: Mas o Nick vem me buscar as 19:00! E eu ainda nem preparei o material curricular! E nem o dinheiro para passagem, ou qualquer coisa ou, ou...
Tay: Do jeito que você é vaidosa devia ir se arrumar logo!
Eu: Sabe de uma coisa? A Taylor tá muito certa! Eu... vou tomar banho, ajeitar esse “cabelo” estragado, escolher uma roupa e o menos importante fica pra depois! – eu sorri após isso, enquanto a Demi e a Taylor me agnosticavam .
Demi: ela se acha mais importante que o trabalho?
Tay: Pior que é!
Demi : tadinha!
Tay: Vamos almoçar! Acho que o spaghetti já esquentou!
Demi: oba! Tou louca pra comer massa! – as duas foram pra cozinha sem fingir me notar na frente delas. Será que eu fiquei invisível?
Eu: Gente! Eu tava aqui! Eu ouvi! – acenei sem ninguém ligar.
Tay: ah tudo bem! – ufa! – você vai querer Spaghetti também? – Hã? Que sem noção! E ao subir as escadas pro quarto vi a Emily pranteando sobre uma foto e lógico, no cargo de melhor prima do mundo tive que consolá-la.
Eu: Em, o que houve amor? Por que tá chorando? E, sobre essa foto, o que é?
Emily: não é nada! – ela fungou – eu, tou bem nada não! – ela pôs a mão sobre o rosto de forma com que asseasse suas lágrimas – tou legal! Sério mesmo!
Eu: então tá querida! Se não quiser não conta! Mas saiba que, se carecer, pode contar comigo!No que precisar ok? – ela assentiu com a cabeça – mas você é o que? Bipolar? Hiper-disléxica? – a Em riu um pouco e empurrou o meu ombro – tá vendo? Já tá rindo de novo! Qual o nome dessa enfermidade?
Emily: Pára com isso! Eu não tenho nada! E me deixa terminar de desfazer todas as bagagens! Vai... se arrumar pro seu encontro com o Nick!
Eu: ih! É só um encontro de estudos! Para um trabalho! Nadica de nada além do habitual!
Emily: Tou sabendo...
Eu: Hunf! Não sei por que ainda te dou ouvido! Melhor eu me arrumar mesmo! – ia saindo quando pus metade do corpo dentro a seu quarto – mas, se precisar, pode contar comigo – ela sorriu e eu saí de lá, afortunada e biruta...

Demi on

Credo, o Nick é tão chato! Porque a My não desce logo?
Nick: Então, você está fazendo chapinha ?
Eu: É Nick, quantas vezes eu vou ter que dizer que sim?
Nick: Am, nenhuma... foi mals! Então, fazer chapinha é muito bom né?
Eu: Hum... eu acho!
Nick: O cabelo ganha brilho, fica mais fácil de pentear... mas também tem lá suas desvantagens né ?Convenhamos...
Eu: Que desvantagens?
Nick: Você não vai poder lavar o cabelo essa semana, terá que dormir de touca, não penteia ele com qualquer tipo de escova, senão vai parecer uma velha e...
Eu: Ô Nick! Dá pra fazer um favorzinho?
Nick: Claro qual?
Eu: Fica quieto! E, só pra saber, o que você tá fazendo no meu banheiro?
Nick: Nada eu só não quero ficar sozinho numa casa enorme! E a Miley tá demorando tanto, pra variar!
Eu: Pois é ela entrou nesse banheiro as 5: 00 e não saiu ate agora!
Nick: Lá deve ter algo bem atrativo!
Eu: Ou uma geladeira repleta! – ri sozinha enquanto ele me encarava abstruso – ah qual é? Você sabe que a Miley come pacas!
Nick: não posso mentir... ok então, onde está a Taylor?
Eu: Saiu pra lanchonete com a Emily!
Nick: Emily Osment está de volta?
Eu: Amram, não viu?
Nick: Não! Mas deve ser por isso a felicidade do David!
Eu: não entendi...
Nick: É que o David...
Miley: Cheguei!

eu a olhei, assim como o Nick que ficou mais ou menos entorpecido ao ver a My – Hi! Que tal?
Eu: Você vai fazer um trabalho, e não desfilar em Beverly Hills! Mas de qualquer forma, tá linda gatona!
Miley: Nick, tá me esperando faz quanto tempo?
Nick: Há uns minutos!
Eu: 50 minutos! E foi por isso que eu não consegui terminar a minha chapinha até agora! Então, vão lá fazer o trabalho, não se preocupem com a hora e, divirtam-se! Mas cautela hein!
Miley: pode deixar mãe ! Vem Nick! – eles saíram pela porta de trás que dava na garagem – sabe, a biblioteca não vai tar... – ai ai, lá foram eles, e eu com Deus em casa... até a porta da frente abrir né?
Emily: Oi família !
Eu: Só tenho eu aqui!
Emily: ok! Oi Demi! – Aff!
Tay: Trouxemos um cheeseburguer pra você!
Eu: Ah muito obrigada!
Emily: Onde você está?
Eu: No W.C.!
Emily: Ah, ok! – deu pra ouvir seus passos se alastrando no corredor e ver ela chegando à porta do W.C. – nossa, tá fazendo chapinha, você sabia que isso tem um par de desvantagens? – essa não, de novo não !

Miley on

Nossa, o Nick tá quieto! Quero dizer, ele sempre é quieto mas, hoje ele tá mega!Só olha pra mim retardadamente e volta a dirigir, sem nenhum assunto, eu hein?
Eu: Então, o que achou da minha roupa? – ele olhou pra baixo enfadado e balançou a cabeça – tudo bem, não quer falar, não precisa! Desculpa a pergunta!
Nick: Hm, bonita!
Eu: O que?
Nick: A sua roupa, é... bonita! Não foi isso que perguntou?
Eu: Claro! – nós nos voltamos para cada janela oposta pensando em sei lá o que, poxa, nós nos conhecemos, estudamos juntos, já namoramos... não há motivos pra agirmos como completos estranhos na presença alheia – Nick?
Nick: Sim!
Eu: am, er... – que droga fala! Ah por que não consigo falar, só temos que ser amigos novamente, mas eu mais me atrapalho do que respiro.
Nick: Ajudaria se eu falasse que pode se abrir comigo?
Eu: Mm, claro ! – sorri abertamente pra ele – é sério?
Nick: Claro, nós estamos sendo completos incógnitos , afinal, nós somos conhecidos há tanto tempo não?
Eu: É! – eu afirmei com a cabeça pra ele – é exatamente onde eu queria chegar! Quero dizer, não foi porque terminamos que não podemos mais nos falar né?
Nick: Por mim... – ele alçou os ombros – ... nós, chegamos, pode sair! – eu preferia quando ele abria a porta pra mim – Espera, deixa que eu abra a porta pra você ! – nossa, ele lê mentes ou o que? Hoje tá tão estranho, e a biblioteca têm um ar tão ancestral , sinistro!
Nick: Em que mesa ficamos?
Eu: Naquela! – apontei pra mesa mais distante da entrada.
Nick: mas tá tão longe daqui!
Eu: Por isso mesmo!
Nick: Tá cê que sabe! – ele caminhou atrás de mim em direção a mesa e lá, ele pôs os livros antes de parar e sentou-se – bem, eu trouxe a apostila e o dicionário, contando que eu já havia traduzido parte do exercício em casa... só temos que passar pra folha e entregar pra professora!
Eu: Pois é...
Nick: Por você tudo bem?
Eu: Ah claro sim, desculpa! – sacudi a cabeça e ele me olhou novamente
Nick: vai copiar, ou prefere que eu faça isso?
Eu: Sei lá...
Nick: Deixa que eu copio mesmo... – ele se voltou pra apostila, a abriu e em seguida com o lápis que acabara de retirar do estojo começou a escrever.
Eu: hum, o que eu faço?
Nick: Am, dita pra mim!
Eu: Tá legal! – peguei o papel e comecei a tentar entender o que estava escrito – perdão mas, espanhol não é o meu forte!
Nick: Rs, é o que o Taylor me diz toda a vez que eu pergunto o que aconteceu nas aulas que eu faltei!
Eu: Rs! – pus o papel perto da folha dele que logo se virou pra ler.
Nick: Então sabe – ele escrevia enquanto falava e me olhava às vezes – quando a professora me pôs pra fazer o trabalho com a Selena, eu fiquei meio triste e tudo , porque você sabe... ela não é de estudar muito né?
Eu: É!
Nick: Mas quando ela me colocou para fazê-lo novamente com você minha alegria foi remota! Digo, há quanto tempo que nós não nos falamos ou, saímos juntos né?
Eu: É!
Nick: mas agora isso vai mudar!
Eu: Totalmente!
Nick: Eu nem sei por que aceitei a Selena como dupla aquele dia! Quando a minha dupla perene estava bem aqui! – eu sorri pra ele que voltou a copiar o trabalho – nós tínhamos tudo!
Eu: É, em pensar que, eu fui idiota um dia a ponto de perder o que eu mais tinha de precioso... – ele parou de copiar e me olhou atentamente.
Nick: As coisas são como tem que ser né? E se, foram assim, é por que tinham que ser! Você conseguiu o Liam e eu, a Courtney, mas, no quando você ainda o tem, eu, a perdi mais rápido do que porcelana nas mãos de criança!
Eu: Sinto muito pela Courtney!
Nick: Que isso! Não foi pra ser, e, com ela não ia rolar mesmo! Quero dizer, use os nossos amigos de exemplo: A Demi e o Joe tem um namoro abençoado desde os anos...
Eu: É...
Nick: já o Taylor e a Selena, mais brigam do que outra coisa, e o pior é ele estar galugado pela Tay!
Eu: Ele, está?
Nick: Lógico, ainda não percebeu?
Eu: Eu tinha pra mim mas, achei que fosse ilusão de ótica ! Mas pelo jeito ele gosta dela! Ah minha nossa ela vai ficar tão feliz em saber!
Nick: NÃO!!! Você não pode contar pra ela, ele me pediu pra manter sigilo quanto a isso!
Eu: Ah ok, mas ela ia gostar de ouvir porque também é caidinha por ele! – ele riu entre os dentes, e se voltou pra apostila – tem certeza que não quer ajuda?
Nick: Am, eu... terminei!
Eu : Nossa, mas já? – ele elevou os ombros outra vez – parabéns !
Nick: Agora é só entregar pra professora! Tudo certo, podemos ir! – uau, nunca achei que o Nick fosse tão rápido assim em matéria de copiar o dever... mas, como a ida foi chata, a volta foi pior ainda, o maior silêncio... as eu vou quebrar .
Eu: Bem, pensando melhor, não vamos pra casa! – ele me olhou assustado – Calma filho, nós vamos pra casa, mas... eu ia pedir pra ir ao Parque de Diversões com você, afinal, foi lá que nos conhecemos ! – eu sorri pra ele – e aí?
Nick: É até que não é tão ruim...
Eu: IIIIIIPPPPPPP!!!!!! Nós vamos ao parque, nós vamos ao parque ! – ele me olhou assustado – que foi?
Liberte a criança que há em você ! Eu hein... – ele denegou com a cabeça já pondo as mãos no volante e indo a direção ao parque...

Tay on

Nossa, que coisa linda! A vida é mesmo surpreendente! Olha ali, a Emily toda atenciosa estudando, a Demi conversando com o Joe pelo computador e eu ... na minha vida singular! Acho que eu vou fazer um transplante vital ou qualquer coisa, já que a minha existência e nada dão no mesmo... ou, só comer um sanduíche...
Emily: Hum é de frango! – ela mordeu os lábios – eu, posso?
Eu: Claro toma aí! – parti o sanduíche ao meio, dei pra ela e me sentei junto a ela na mesa no quando ela se voltou pro livro.
Emily: Desculpa, sei que acabamos de comer mas, sou faminta - ela riu sem graça e eu acompanhei - A Demi disse eu vai haver um teste amanhã, tá preparada?
Eu: Ah não eu não estudei, amanhã é só inglês pra mim!
Emily: Sortuda! – ela abocanhou o sanduíche – então, você tem namorado?
Eu: NÃO!!!
Emily: Tá foi só uma pergunta! É porque você e o Taylor parecem se gostar tanto... ah entretanto ele namora a Selena né? – eu abaixei a cabeça triste – ah não perdão, não foi isso que eu quis dizer, quero dizer, ele gosta de você!Mas tá preso a Sel, e a Demi também já disse que você tem um amorzinho por ele! – ela sorriu pra mim alçando as sobrancelhas – ok, foi mal, andei a esmo! Mas você é muito bonita! Tem uma grande chance com ele!
Eu: eu não quero nenhuma chance! Eu arco a minha realidade! Que por acaso é essa!
Emily: Mas olha só, que assuntinho infeliz eu fui escolher né? Vamos falar de outra coisa... tipo, os seus amigos! Como eles são?
Eu: Ah, a Demi é um amor, e ninguém me entende como ela, ela me passa cola nas provas além de ser a mais esperta da turma, a única coisa chata é adorar o Joe como sempre ela faz! E a Miley, nossa, a prima mais sinistra que alguém pode desejar! Parece que ela tá sempre fazendo a coisa errada na hora errada... mas tudo acaba sempre dando certo! E como! O David é demais... – a Emily sorriu – que foi?
Emily: Nada... – eu a encarei – Nada ! Pode continuar!
Eu: Nossa, esse cara é tão maneiro, e sempre lembra de mim! Nós nos divertimos muito! O Joe é bárbaro, eu já gostei dele uma vez mas foi passado! Aprendemos a conviver no mesmo mundo e tamos sempre fazendo piada um do outro,o que todos julgam ser pura esquisitice... Agora o Nick, esse é de poucas palavras sabe, acho que o mundo dele acabou quando a My rompeu com ele... no entanto às vezes quando eu tenho dificuldade nas disciplinas ele sempre me ajuda... e só!
Emily: Nossa, quantos amigos...
Eu: Eu sei né são poucos... – ela assentiu com a cabeça – mas com certeza são os melhores! E eu não troco eles por nada nessa vida!
Emily: Que lindo! Então, eu queria mesmo é que ...
Eu: hum?
Emily: Ah nada não esquece! – ela levantou-se da mesa, se dirigiu até a geladeira e puxou uma jarra de suco – você quer?
Eu: Ah não obrigada ! – ela pegou um copo, encheu com o suco e devolveu a jarra – então tá gostando daqui?
Emily: não posso dizer ainda, estou a apenas um dia! Mas pelo jeito tudo é bem legal!
Eu: ah com certeza!
Emily: Então a Miles não vai voltar hoje não?
Eu: Já era pra ter voltado né? Passaram-se horas desde que chegamos e nada! Vamos pra sala fazer companhia a Demizinha!
Emily: Tá! – ela pegou o livro de cima da mesa e junto comigo, se posicionou a sair da cozinha e entrar na sala – oi ! – a Demi virou-se bem circunspeta.
Demi: oi! Pensei que fossem a My!
Eu: Ah mas não somos! Porque a Miley ao chegar vai entrar por aquela porta! – eu apontei pra porta da entrada aonde a Miley chegou totalmente joyful – uau ! Parei!
Miley: oi gentem! – ela adentrou em casa se jogando no sofá –tudo bem?
Emily: Eu tou ótima ! Agora você eu já não sei!
Miley: Eu tou excelente, delirante, admirável ... ai ai!
Demi : Voltou com o Nick?
Miley: ... mais ou menos!
Eu/ Demi/ Emily: Hã?
Miley: Nós voltamos a ser amigos!
Eu/ Demi / Emily?: Ahh!!
Miley: Mas pode se dizer que, num futuro não muito distante, eu e o Nick somos um só novamente!
Demi: Você quer fazer com ele?
Miley: NÃO !!! Que idéia pô!
Demi: Ora você quer virar um só com ele, fazendo com ele seria a única forma plausível disso acontecer! – a Miley sacudiu a cabeça e olhou de novo.
Miley: Tudo bem ,nada estraga o meu humor! Porque eu tou feliiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiz!
Demi: Uau! A excitação já chegou! Só falta o Nick!
Miley: Meninas, hoje é um dos melhores dias da minha vida! Eu e o meu amor voltamos a ser BFF’s!
Emily: Eeeehhhh! Que... surpresa!
Miley: E não é? Eu fiquei muito bem depois disso! – ela ficou sorrindo radiante pra nós –
puxa, depois dessa, vou tomar um banhinho e dormir! – ela subiu as escadas a toda a pressa.

Demi: E o trabalho? – a Emily levantou os ombros – pois é! Depois ela que não chore por ter que fazer redações de educação física e também de espanhol!
Emily: Claro... boa noite girls! – ela se levantou do sofá e subiu as escadas.
Demi: Puxa, ela não ... e... – ela sacudiu a cabeça – ... esquece! O mundo pirou! Melhor ir recolher também!
Eu: ué mas você não tá conversando com o Joe?
Demi: Ah não, ele saiu já faz meia hora!
Eu: Então o que você tava fazendo?
Demi: Jogando!
Eu: Ah! – mas esse não foi um “Ah” de conclusão, foi um ah confuso, põe confuso nisso! No final quando me dei conta só tinha eu na sala, a propósito sozinha, e quieta, e em poucos segundos o sono veio, me levando junto a ele para meu leito de sono... até é lógico o despertador tocar, que por sinal não demorou muito pra acontecer, e menos ainda pra eu descer as escadas e só encontrar a Emily lá embaixo preparando a bolsa...
Emily: Bom dia dorminhoca!
Eu: Bom, am... cadê todo mundo?
Emily: Bem a Demi foi com o Joe e a Miley com o Nick! Ofereceram-me carona mas eu preferi ficar aqui e ir depois com você ! – que gracinha!
Eu: Awn, obrigada!
Emily: Então anda anda, já estamos atrasadas! – eu subi as escadas, me aprontei e ajeitei o material logo descendo para a Emily.
Eu: Diz aí como que eu tou?
Emily: Garota!
Eu: Que foi?
Emily: você não existe! Tá muito linda! E olha que tudo isso foi em menos de minutos como você consegue?
Eu: Sei lá! Aprendi com a My! Há uns, 3 anos atrás!
Emily: Rs, vem logo! – ela puxou a minha mão pra fora de casa – o segundo horário já vai começar!
Eu: Então é melhor corrermos! – nós duas saímos a correr pela calçada feito alienadas.
Emily: Arf, hoje... o Nick e a Miley, arf... tavam super animadinhos pela manhã!
Eu: Hey, pare de correr! Desse jeito vamos chegar suadas! – ela parou e junto a mim, seguiu andando – Enfim, escola! – nós entramos e avistamos o ambiente completamente vazio.
Emily: Uau!
Eu: Eles já subiram! Mas vamos, hoje nós ficamos na sala 5!
Emily: Mas eu tenho história!
Eu: não tem mais! Vem comigo! –eu a puxei pelo braço subindo as escadas e entrando na sala que, estava uma verdadeira bagunça.
Joe: Ah não professora, entre o David e a Selena? Quer que eu me mate? – ele falou com cara de enjôo e sentando em uma cadeira que eu nem sabia que existia.
Taylor: Olha, vou ficar perto do Nick e da Demi, que sorte no dia da prova! – ele disse acrescendo os olhos sobre as carteiras do Nick e da Demi.
Joe: O Nick pode ficar aqui?
Demi: Ah, se for assim eu também vou querer a Miley aqui!
Miley: É eu também quero a Demi aqui! – a Miley disse lá na frente.
Eu: Licença professora, chegamos! – disse apontando pra mim e pra Emily.
Professora: Ah claro entrem! – nós duas adentramos na sala e permanecemos de pé – bom, como puderam perceber, estou fazendo umas mudanças aqui na sala e... isso vai ajudar a manterem a concentração!
Eu: Ah, e onde é que ficamos?
Professora: Bem, Evelyn...
Emily: É Emily!
Professora: Claro! Você senta atrás do David na última carteira!
Emily: Ah ok! – ela se sentou logo lá sorrindo.
Eu: e eu?
Professora: bem querida, você fica atrás do Taylor , tudo bem?
Eu: ... ah , claro! – sorri amareladamente pra ela e me sentei atrás dele.
Taylor: Oi, linda!
Eu: T-tá falando comigo?
Taylor: Com quem mais seria?
Eu: Rs, ah eu tá legal! Como vai você?
Taylor: Melhor agora! Então, quando você vai me dar às aulas extras de castelhano?
Eu: ... eu não sei! Agra eu tenho que ajudar a Emily a se entrosar na sala porque...
Taylor: Ela já parece bem entrosada! – ele apontou pra Emily que estava rindo e conversando com o David e o Joe.
Eu: Pois é mas... é melhor eu ir fazendo o dever logo!
Taylor: Tá legal, se você prefere... tudo bem! Nós nos falamos! – ele piscou pra mim e se voltou pro caderno...
 
*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*
 
J'ai fini! Eu tou morrendo de saudades Armandinho, Boa sorte nas provas! Torçam por mim! Beijos!